As transformações no mundo do trabalho e as conseqüências na subjetividade dos indivíduos

Íris Fenner Bertani, Sirlene Aparecida Pessalacia Barretto

Resumo


Este estudo aborda a questão do trabalho e sua importância como fator central na vida de homens e mulheres que, ao viverem num país capitalista, têm este sistema constituindo-lhes uma identidade e um modo de viver. Há algumas décadas o mundo vem sofrendo profundas transformações no universo do trabalho, nas suas relações e, conseqüentemente, na subjetividade das pessoas. Nesse período, surgiram e vêm se mantendo fatores como o desemprego estrutural, trabalhos em condições precárias, exigências constantes, insatisfações, sendo cada vez mais o trabalhador engessado pela supervalorização do capital em detrimento do humano. Com as transformações que vêm ocorrendo neste contexto, resultado da revolução tecnológica, homens e mulheres vêm lidando com tensões para se adaptarem a esses novos tempos. São transformações que nem sempre o trabalhador consegue acompanhar, e, ao suportar cargas maiores de estresse, homens e mulheres acabam se expondo mais às doenças, fragilizando-se física e psiquicamente.


Palavras-chave


Trabalho; Mundo do trabalho; Tensão; Doença; Work; World of work; Stress; Disease

Texto completo:

PDF


R. Katál. Florianópolis, Santa Catarina, Brasil eISSN: 1982-0259  

Licença Creative Common Adota a licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional - CC-BY