Forma e ethos do trabalho: ensaio sobre a reformulação de uma ideologia

Maurilio Lima Botelho

Resumo


Este ensaio explora as metamorfoses na chamada ideologia do trabalho, desde o ethos protestante do capitalismo clássico, passando pelo hedonismo da sociedade de consumo, até a atual reformulação dessa ideologia nos marcos de uma sociedade em crise. Enfatiza-se que as modificações ocorrem tanto na forma quanto no conteúdo desta ideologia, o que significa refletir sobre a sua relação com a efetividade social.

 


Palavras-chave


Capitalismo; Sociedade de consumo; Crise do trabalho; Trabalho abstrato; Capitalism; Consumer society; Crisis of labor; Abstract work

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.1590/S1414-49802009000200009

R. Katál. Florianópolis, Santa Catarina, Brasil eISSN: 1982-0259  

Licença Creative Commons Adota a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.