A promessa de igualdade, na democracia, continua a ser um debate para as mulheres

Autores

  • Eucaris Olaya Universidad de la Salle - Bogotá - Colômbia

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1414-49802010000100007

Palavras-chave:

Igualdad, Desigualdad, Democracia, Movimiento de mujeres y feministas, Igualdade, Desigualdade, Movimento de mulheres e feministas, Equality, Inequality, Democracy, Women’s and feminist movement

Resumo

O presente artigo faz uma reflexão crítica contra as desigualdades que as mulheres enfrentam em contextos que se chamam democráticos e pluralistas. No entanto, é necessário questionar a “promessa de igualdade política para as mulheres”, nos contextos onde a economia de mercado prevalece, a guerra e a corrupção são elementos que impedem a construção da democracia e da cidadania. Ao longo da história, as mulheres vêm debatendo o que tem sido chamado democracia, igualdade, cidadania e desenvolvimento. O movimento de mulheres e feministas na Colômbia apresenta várias propostas para a construção de uma democracia real que garanta a igualdade e os direitos da cidadania, opondo-se à lógica da violência e da guerra que o país enfrenta.

Biografia do Autor

Eucaris Olaya, Universidad de la Salle - Bogotá - Colômbia

Mestre em Supervisão e Currículo pela PUC-SP. Doutoranda em Serviço Social pela PUC-SP.

Downloads

Publicado

2010-01-01

Edição

Seção

Espaço temático