Serviço Social: razão ontológica ou instrumental?

Autores

  • José Fernando Siqueira da Silva Universidade Estadual Paulista (UNESP)

Palavras-chave:

Serviço Social, Ontologia, Práxis

Resumo

O presente ensaio analisa a oposição entre as perspectivas ontológica e instrumental, tendo como referência o campo particular das profissões e o processo de formação profissional dos assistentes sociais. Para tanto, remete a uma importante questão: que tipo de profissional pretende-se formar, intelectuais ou técnico-operativos? Além disso, considerando o atual estágio de acumulação do capital, procura contribuir para o debate contemporâneo acerca da direção social estratégica assumida, a partir dos anos 1990, pelas principais organizações representativas da categoria profissional dos assistentes sociais no Brasil.

Biografia do Autor

José Fernando Siqueira da Silva, Universidade Estadual Paulista (UNESP)

Livre-docente em Serviço Social pela Universidade Estadual Paulista. Doutor em Serviço Social pela PUC. Professor Adjunto do Departamento de Serviço Social da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais (UNESP-Franca).

Downloads

Publicado

2013-06-10