(Re)visitando Gramsci: considerações sobre o Estado e o poder

Autores

  • Kathleen Elane Leal Vasconcelos Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).
  • Mauricelia Cordeira da Silva Faculdade Leão Sampaio, Juazeiro do Norte, Ceará.
  • Valdilene Pereira Viana Schmaller Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1414-49802013000100008

Palavras-chave:

Estado, Poder, Gramsci, Hegemonia

Resumo

O objetivo deste artigo é revisitar as contribuições gramscianas sobre a sociedade capitalista, com ênfase em suas reflexões sobre o Estado e o poder. Situa, inicialmente, os elementos sócio-históricos fundantes da análise do autor, inscritos no cenário particular da transição do capitalismo concorrencial ao estágio monopolista do capital. Resgata as bases teórico-analíticas do pensamento de Gramsci, a partir da singular contribuição dos escritos de Marx e Engels para formulação da noção de Estado ampliado. Defende a atualidade do pensamento de Gramsci para o desvelamento do ethos capitalista, principalmente para análise das estratégias contemporâneas de recomposição da hegemonia burguesa.

Biografia do Autor

Kathleen Elane Leal Vasconcelos, Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

Doutoranda em Serviço Social na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Professora da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Campina Grande, Paraíba.

Mauricelia Cordeira da Silva, Faculdade Leão Sampaio, Juazeiro do Norte, Ceará.

Assistente Social. Mestre em Serviço Social pela UFPE. Docente do curso de Serviço Social da Faculdade Leão Sampaio.

Valdilene Pereira Viana Schmaller, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Doutora em Serviço Social pela UFPE. Professora do Departamento de Serviço Social e do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social da UFPE.

Downloads

Publicado

2013-06-10