A Internet e os novos processos de articulação dos movimentos sociais

Gentil Cutrim Serra Junior, Lourdes de Maria Leitão Nunes Rocha

Resumo


Este artigo apresenta subsídios para o debate sobre as potencialidades de articulação dos movimentos sociais ao uso dos recursos tecnológicos disponíveis na atualidade. Parte da investigação sobre a dinamicidade das contradições existentes no conjunto das relações sociais para introduzir a discussão a respeito das possibilidades democráticas que poderão surgir com os novos recursos informáticos. Analisa o papel das novas tecnologias da informação e comunicação em relação à articulação externa dos movimentos sociais. O objetivo é mostrar que a atribuição de um poder mobilizador às novas ferramentas informacionais (Facebook, Twitter etc.) pode obscurecer as determinações das relações sociais existentes nas ações e manifestações populares.


Palavras-chave


Movimentos sociais; Redes sociais; Novas tecnologias da informação e comunicação

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.1590/S1414-49802013000200006

R. Katál. Florianópolis, Santa Catarina, Brasil eISSN: 1982-0259  

Licença Creative Commons Adota a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.