Lutas sociais pela saúde pública no Brasil frente aos desafios contemporâneos

Autores

  • Marta Alves Santos Universidade Federal Fluminense (UFF).

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1414-49802013000200009

Palavras-chave:

Movimento social, Saúde, Neoliberalismo

Resumo

A partir de uma pesquisa bibliográfica e análise documental sobre a temática de estudo, o presente artigo objetiva contribuir para o debate acerca das lutas sociais no âmbito da saúde frente aos desafios postos na atual conjuntura. Analisa a trajetória dos movimentos sociais pela saúde pública brasileira desde 1970 e as formas de resistência e luta diante da ofensiva neoliberal. Aponta os conceitos clássicos e contemporâneos sobre a categoria movimento social, resgata os principais elementos expostos na proposta do movimento sanitário, que deu origem ao Sistema Único de Saúde (SUS), e identifica os desafios para a efetivação de uma saúde pública brasileira em um cenário de restrição do papel do Estado e de fortalecimento do mercado.

Biografia do Autor

Marta Alves Santos, Universidade Federal Fluminense (UFF).

Assistente Social graduada pela UFF. Mestre em Serviço Social pela PUC, RJ. Doutoranda em Política Social pela UFF.

Downloads

Publicado

2013-11-20