Diário de Ilhéus: os textos literários da década de 30

Autores

  • Antonio Santos Barreto Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN
  • Humberto Hermenegildo Araujo Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN.

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7917.2017v22n1p175

Palavras-chave:

Jornais, Periódicos, Literatura, Memória, Diário

Resumo

No início do século passado os jornais eram os maiores divulgadores da Literatura no Brasil, uma vez que, os livros eram escassos, custavam muito caro e não chegavam às regiões periféricas do país. Assim, existe a necessidade de se preservar os jornais e periódicos do início do século XX, visto que esses nem sempre são preservados de forma adequada e conveniente. Uma exceção a essa realidade são os jornais dos grandes centros, como a Folha de São Paulo, que têm experiências bem sucedidas sobre a preservação das publicações literárias em suas edições antigas. Por outro lado, jornais como o Diário da Tarde de Ilhéus, que guardam em suas páginas um riquíssimo acervo histórico e literário, estão se deteriorando por falta de espaço e conservação adequada, mesmo sendo um acervo importante para a preservação da Memória Literária do Sul da Bahia. 

Biografia do Autor

Antonio Santos Barreto, Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN

Doutorando em Estudos da Linguagem, pelo programa de pós-graduação da UFRN. Possui graduação em Letras Inglês-Português pela Universidade Estadual de Santa Cruz (1999), Especialização em Estudos Comparados em Literaturas de Língua Portuguesa (2001), Leitura e Produção Textual (2003), Gestão da Aprendizagem Escolar- GESTAR II- Língua Portuguesa, bem como Mestrado em Letras: Linguagens e Representações pela Universidade Estadual de Santa Cruz (2011). Participa do grupo de pesquisa "Cartografias contemporâneas: memória e cidade na ficção" da UESC e atua como professor da rede municipal e estadual de ensino.

Humberto Hermenegildo Araujo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN.

Possui graduação em Letras (UFRN, 1980), mestrado em Teoria e História Literária (UNICAMP,1991), doutorado em Letras (UFPB, 1996) e estágio de pós-doutorado (Teoria Literária e Literatura Comparada, FFLCH/USP, 2010-2012). Atualmente é professor titular da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, aposentado. 

Downloads

Publicado

2017-08-22

Como Citar

BARRETO, A. S.; ARAUJO, H. H. Diário de Ilhéus: os textos literários da década de 30. Anuário de Literatura, [S. l.], v. 22, n. 1, p. 175-187, 2017. DOI: 10.5007/2175-7917.2017v22n1p175. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/literatura/article/view/2175-7917.2017v22n1p175. Acesso em: 21 set. 2021.

Edição

Seção

Artigos