Vestígios do experimentalismo poético greco-latino

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7917.2020v25n1p172

Palavras-chave:

Escrita constrangida, Jogo linguístico, Poética experimental, Poética greco-latina, Poética marginalizada

Resumo

Este trabalho investiga determinados vestígios do experimentalismo poético greco-latino, buscando demonstrar sua longevidade e potência artística. Nesse sentido, são abordadas tipologias de escrita constrangida, como o acróstico, o palíndromo, o centão, o lipograma, o anagrama e o tautograma. Interessante é perceber que tais modalidades compositivas já encontram registro documental em obras da Antiguidade e da Idade Média, muito embora se costume atribuir a difusão de tais elaborações expressivas ao movimento Concretista, situado no século XX. Explicita-se, portanto, o processo de marginalização dessas manifestações artísticas, as quais foram relativamente invisibilizadas. Desse modo, discute-se a permanência resistente do construto poético experimental a partir de um levantamento de ocorrências encontradas, focalizando os cenários antigo e mediévico de sua produção. Destaque-se, então, que este estudo é de natureza indiciária, visando a adentrar na percepção de rastros, pistas e vestigíos que possibitem um olhar crítico-panorâmico desse legado poético, o qual não apenas nos constitui, mas também provoca, ainda nos tempos atuais, significativo fascínio e curiosidade.

Biografia do Autor

Cristóvão Santos Júnior, Universidade Federal da Bahia

Jurista, classicista, poeta e tradutor. É doutorando e mestre em Literatura e Cultura, pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), mestrando em Estudo de Linguagens, pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB), bacharel em Direito (UFBA) e graduando em Letras Clássicas (Latim e Grego Antigo – UFBA).

Referências

AMARANTE, José. O livro das Mitologias de Fulgêncio: os mitos clássicos e a filosofia moral cristã. Salvador: Edufba, 2019.

BETTINI, Maurizio. As Reescritas do Mito. In: CAVALLO, Guglielmo et al (Org.). O espaço literário da Roma antiga. Trad. de Daniel Carrara e Fernanda Moura. Belo Horizonte: Tessitura, 2010. p. 19-38.

BILAC, Olavo; PASSOS, Guimarães. Tratado de versificação. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1905.

DELEUZE, Gilles. Lógica do sentido. Trad. de Luiz Roberto Salinas. São Paulo: Perspectiva; EDUSP, 1974.

DELEUZE, Gilles, GUATTARRI, Félix. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia. Trad. de Aurélio Guerra Neto, Celia Pinto Costa. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1995. 1.v.

FULGENTII, Fabii. Opera. Edição de Rudolf Helm. Lipsiae: Teubner, 1898.

FREITAS, Henrique; RISO, Ricardo (Org.). Afro-rizomas na diáspora negra: as literaturas africanas na encruzilhada brasileira. Rio de Janeiro: Kitabu, 2013.

GOUVÊA JÚNIOR, Márcio Meirelles. “Ostomachion”: Ausônio e a métrica dos centões latinos. Scientia Traductionis, Florianópolis, n. 10, p. 179-200, jan. 2011. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/scientia/article/view/1980-4237.2011n10p179. Acesso em: 20/01/2020.

HORÁCIO. Arte Poética. Tradução de Jaime Bruna. São Paulo: Cultrix, 2014.

MANCA, Massimo. Le età del mondo e dell’uomo. Allesandria: Edizioni dell’Orso, 2003.

MARCIAL. Epigramas. Trad. de José Luís Brandão e Paulo Sérgio Ferreira. Lisboa: Edições 70, 2001.

OULIPO. La littérature potentielle: Créations, Re-créations, Récréations. Paris: Gallimard, 1973.

PAES, José. Poemas da Antologia Grega ou Palatina. São Paulo: Cia das Letras, 1995.

PEREIRA, Edmilson. Blue Note: entrevista imaginada. Belo Horizonte: Nandyala, 2013.

PONDIAN, Juliana. A forma da palavra: poesia visual sânscrita, grega e latina. Dissertação (Mestrado em Letras), Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8139/tde-31102011-132738/publico/2011_JulianaDiFioriPondian.pdf. Acesso em: 20/02/2020.

PRADO, João. Expressividade na poesia latina: dois exemplos do Corpus Tibullianum. In: AMARANTE, José; LAGES, Luciene (Org.). Mosaico Clássico: variações acerca do mundo antigo. Salvador: UFBA, 2012. p. 113-127.

SANTOS JÚNIOR, Cristóvão. Rastros da tradição literária experimental. Estudos linguísticos e literários, n. 62, p. 130-147, 2019a. Disponível em: https://portalseer.ufba.br/index.php/estudos/article/view/30441. Aceso em: 11/02/2020.

SANTOS JÚNIOR, Cristóvão. O problema da transmissão textual entre os dois Fulgêncios. Tabuleiro de Letras, v. 13, p. 208-226, 2019b. Disponível em: http://www.revistas.uneb.br/index.php/tabuleirodeletras/article/view/6976. Acesso em: 13/02/2020.

SANTOS JÚNIOR, Cristóvão. Refletindo a fenomenologia de uma tradução lipogramática da De aetatibus mundi et hominis. Percursos linguísticos, v. 9, p. 101-119, 2019c. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/percursos/article/view/26875. Acesso em: 10/02/2020.

SANTOS JÚNIOR, Cristóvão. Traduzindo o quarto livro do lipograma fulgenciano. A Palo Seco: Escritos de Filosofia e Literatura, n. 12, p. 90-94, 2019d. Disponível em: https://seer.ufs.br/index.php/apaloseco/article/view/12956. Acesso em 20 fev. 2020.

SANTOS JÚNIOR, Cristóvão. Fulgêncio sem a letra ‘c’: tradução do livro III do lipograma De aetatibus mundi et hominis. Belas Infiéis, v. 9, n. 1, p. 243-249, 2020a. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/belasinfieis/article/view/26021. Acesso em: 01/03/2020.

SANTOS JÚNIOR, Cristóvão. A vida de Jesus Cristo sem a letra ‘m’: tradução do livro XII do lipograma De aetatibus mundi et hominis. PhaoS: Revista de Estudos Clássicos, n. 20, p. 1-8, 2020b. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/phaos/article/view/13496. Acesso em 05//05/2020.

SANTOS JÚNIOR, Cristóvão.; AMARANTE, José. Elementos da tradição palindrômica antiga. Afluente, v. 4, p. 195-213, 2019. Disponível em: http://www.periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/afluente/article/view/12287. Acesso em 20/02/2020.

SÓFOCLES. Rei Édipo. Trad. de Flávio Ribeiro de Oliveira. São Paulo: Odysseus, 2015.

STELLA, Francesco. A poesia latina. In: ECO, Umberto (org.). Idade Média: bárbaros, cristãos e muçulmanos. Introdução à Idade Média. 3. ed. Lisboa: Publicações Dom Quixote: Milão, 2010, p. 489-493.

STELLA, Francesco. A Bíblia o cânone, os apócrifos, as traduções, a circulação, a literatura exegética e os poemas bíblicos. In: ECO, Umberto (org.). Idade Média: bárbaros, cristãos e muçulmanos. Introdução à Idade Média. 3. ed. Lisboa: Publicações Dom Quixote: Milão, 2010, p. 528-536.

WHITBREAD, Leslie G. Fulgentius, The Mithographer. Ohio: State University Press, 1971.

Downloads

Publicado

2020-06-15

Como Citar

SANTOS JÚNIOR, C. Vestígios do experimentalismo poético greco-latino. Anuário de Literatura, [S. l.], v. 25, n. 1, p. 172-191, 2020. DOI: 10.5007/2175-7917.2020v25n1p172. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/literatura/article/view/2175-7917.2020v25n1p172. Acesso em: 19 jan. 2022.

Edição

Seção

Artigos