Constituindo-se sujeito: uma história de compensação social

Deize de Souza Borges, Rosângela Kittel

Resumo


O presente artigo tem como objetivo colaborar nas reflexões pedagógicas acerca da educação de cegos. Propõe a reflexão do tema sob o enfoque do materialismo histórico dialético. Fazendo um resgate das etapas de desenvolvimento das opiniões científicas sobre a psicologia dos cegos em paralelo às práticas de uma Sala de Recursos de atendimento a educandos Cegos e Baixa Visão, da Rede Municipal de Ensino de Florianópolis. Desenvolve os conceitos de mediação semiótica, auto-regulação, Processos Psicológicos Superiores e compensação social como elementos de constituição do homem, enquanto ser social.


Palavras-chave


Cegos; Educação - cegos; Aspectos social; Blind; Education-Blind; Social aspects

Texto completo:

PDFA


P.Vista, eISSN 2175-8050, UFSC, Florianópolis, SC, Brasil.

 

 

Creative Commons License
Ponto de Vista: Revista de Educação e Processos Inclusivos, Florianópolis, SC, Brasil - - - eISSN 2175-8050 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons
> > > > >