Uma experiência de estágio em inclusão escolar: intervenções e aprendizados

Autores

  • Analy de Oliveira Gomes UFSC

Palavras-chave:

Educação inclusiva, Síndrome de Asperger, Profissional-formação

Resumo

A experiência relatada neste artigo ocorreu durante sete meses de estágio na área de Educação Inclusiva, em uma turma da sétima série do ensino fundamental de uma escola situada em Florianópolis/Santa Catarina. Como estudante de psicologia, acompanhei diariamente a turma, sempre atenta às relações sociais estabelecidas entre os alunos e entre eles e os professores, porém com foco nas relações estabelecidas com um adolescente de 14 anos com diagnóstico de Síndrome de Asperger. Concluindo, constatou-se que a inserção de um estagiário de psicologia neste contexto demonstrou ser de grande valia, tanto para criar intervenções que possam resultar em uma maior autonomia para tal adolescente, quanto para a formação do profissional em questão.

Biografia do Autor

Analy de Oliveira Gomes, UFSC

Estudante da sexta fase do curso de psicologia da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O relato aqui exposto foi  supervisionado pelo professor Adriano Henrique Nuernberg do Departamento de Psicologia da (CFH-UFSC), e Professora Maria Sylvia Cardoso Carneiro do Centro de Ciências da
Educação (CED-UFSC).

Downloads

Publicado

2008-01-01

Edição

Seção

Relato de Experiência