Guerreiras Project: futebol e empoderamento de mulheres

Autores

  • Luiza Aguiar dos Anjos Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Suellen dos Santos Ramos Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Pamela Siqueira Joras Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Silvana Vilondre Goellner Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.1590/%25x

Palavras-chave:

Mulher, Empoderamento, Futebol, Esporte, História Oral

Resumo

Este texto objetiva analisar as ações desenvolvidas pelo coletivo Guerreiras Project, cujo foco é o empoderamento de mulheres por meio do futebol. Para tanto, recorremos a fontes documentais e iconográficas produzidas pelo próprio coletivo, além de publicações acadêmicas e não acadêmicas que o referenciam. Buscamos na História Oral um recurso teórico-metodológico para a produção de fontes, por meio da realização de entrevistas com algumas de suas integrantes e com jogadoras de futebol cuja narrativa, de algum modo, dialoga com o Guerreiras Project, com sua criação e expansão. A análise das fontes foi desenvolvida tomando como inspiração o método indiciário proposto por Carlo Ginzburg, a partir do qual descrevemos alguns fragmentos da história do Guerreiras Project, com ênfase na sua criação, na elaboração de sua proposta pedagógica e na sua intervenção política.

Biografia do Autor

Luiza Aguiar dos Anjos, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano (UFRGS)

Suellen dos Santos Ramos, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Mestranda em Ciências do Movimento Humano - UFRGS

Pamela Siqueira Joras, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Mestre em Ciências do Movimento Humano (UFRGS).

Silvana Vilondre Goellner, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Rio Grande do Sul

Profa. do Depto de Educação Física da UFRGS. Coordenadora do Centro de Memória do Esporte

Downloads

Publicado

2018-04-24

Edição

Seção

Artigos Temáticos