Queer, sexualidade e movimento

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/1806-9584-2021v29n273490

Biografia do Autor

Gustavo da Motta Silva, Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro e Secretaria Municipal de Educação de Duque de Caxias.

Gustavo da Motta Silva é doutor em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Membro do Núcleo de Estudos Sociocorporais e Pedagógicos em Educação Física e Esportes (UFRJ/NESPEFE-EEFD) e do grupo de pesquisa História da Profissão Docente (PRODOC/PUC-Rio). Professor da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro e da Secretaria Municipal de Educação de Duque de Caxias.

Referências

CHAVES, Paula. “Corpos queer no esporte: uma leitura a partir de game face”. In: PEREIRA, Erik; SILVA, Alan (Orgs.). Educação Física, Esporte e Queer: sexualidades em movimento. Curitiba: Appris, 2019, p. 129-151.

FERRETTI, Marco; KNIJNIK, Jorge. “A luta não pode parar: gênero, sexualidade e subversão cultural das atletas de esporte de combate”. In: PEREIRA, Erik; SILVA, Alan (Orgs.). Educação Física, Esporte e Queer: sexualidades em movimento. Curitiba: Appris, 2019, p. 105-125.

GARCIA, Rafael; PEREIRA, Erik. “Do céu ao inferno: relato de um corpo queer em uma corrida de rua”. In: PEREIRA, Erik; SILVA, Alan (Orgs.). Educação Física, Esporte e Queer: sexualidades em movimento. Curitiba: Appris, 2019, p. 19-35.

PEREIRA, Erik; SILVA, Alan. “Apresentação”. In: PEREIRA, Erik; SILVA, Alan (Orgs.). Educação Física, Esporte e Queer: sexualidades em movimento. Curitiba: Appris, 2019, p. 9-11.

Downloads

Publicado

2021-10-21

Edição

Seção

Resenhas