Encontros nas quadras de grama: as mulheres e o tênis no Brasil do século XIX

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/1806-9584-2021v29n279300

Palavras-chave:

Gênero, História do esporte, Tênis

Resumo

Considerando que, no cenário internacional, as iniciativas organizadas ao redor do tênis sempre foram marcadas por contar com o intenso envolvimento de mulheres, este artigo objetiva discutir a participação feminina nas primeiras experiências da modalidade estruturadas no Brasil, especificamente as promovidas nas duas décadas finais do século XIX, em cidades nas quais havia ativa presença de britânicos. Como fontes, fez-se uso de periódicos, notadamente do The Rio News. Mais do que refletir sobre a formação de uma cultura esportiva, o intuito é lançar um olhar sobre o aumento da visibilidade feminina na sociedade brasileira. Argumenta-se que a prática do tênis foi uma estratégia de subjetivação que se articulou com o processo de distensão das considerações acerca do papel social das mulheres.

Biografia do Autor

Victor Andrade de Melo, Universidade Federal do Rio de Janeiro, RJ. Brasil

Professor Titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), atua nos Programas de Pós-Graduação em História Comparada e em Educação. Coordenador do Sport: Laboratório de História do Esporte e do Lazer. Bolsista Produtividade de Pesquisa/CNPq. Cientista de Nosso Estado/Faperj.

Referências

A ESTAÇÃO. Jornal Illustrado para a Familia. A Estação, Rio de Janeiro, 15/10/1888, p. 1.

A ESTAÇÃO. Jornal Illustrado para a Familia. A Estação, Rio de Janeiro, 15/01/1897, p. 7.

A ESTAÇÃO. Jornal Illustrado para a Familia. A Estação, Rio de Janeiro, 15/08/1899, p. 114.

A ESTAÇÃO. Jornal Illustrado para a Familia. A Estação, Rio de Janeiro, 31/08/1903, p. 129.

ALMANAK LAEMMERT, Administrativo, Mercantil e Industrial. Almanak Laemmert, Rio de Janeiro, 1884, p. 406.

ARAÚJO, Rosa Maria Barboza de. A vocação do prazer: a cidade e a família no Rio de Janeiro republicano. Rio de Janeiro: Rocco, 1993.

BROWN, Matthew; LANCI, Gloria. “Amadores e profissionais: a comunidade britânica na formação do futebol em São Paulo entre 1880 e 1916”. In: GOMES, Eduardo de Souza, PINHEIRO, Caio Lucas Morais (Orgs.). Olhares para a profissionalização do futebol: análises plurais. Rio de Janeiro: Multifoco, 2015. p. 92-107.

CALDEIRA, Jorge. “O processo econômico”. In: SILVA, Alberto da Costa (Coord.). Crise colonial e independência: 1808-1830. Rio de Janeiro: Objetiva, 2011. (Coleção História do Brasil Nação: 1808-2010, v. 1). p. 161-204.

CHAPIN, Angelina. “Four decades after the Battle of the Sexes, the fight for equality goes on”. The Guardian [online], 11/03/2017. Disponível em https://www.theguardian.com/sport/2017/mar/11/billie-jean-king-battle-of-the-sexes-tennis. Acesso em 26/04/2020.

CIDADE DO RIO. Cidade do Rio, Rio de Janeiro, 12/09/1896, p. 1.

COMÉRCIO DE PORTUGAL, 08/08/1894, p. 2.

CORREIO DA MANHÃ. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 19/09/1885, p. 2.

CRESTANI, Jaison Luís. “O perfil editorial da revista A Estação: jornal ilustrado para a família”. Revista da ANPOL, Florianópolis, v. 1, n. 25 p. 325-353, 2008. Disponível em https://revistadaanpoll.emnuvens.com.br/revista/article/view/67. Acesso em 20/04/2021.

CUNHA, Odir. O tênis feminino no Brasil. São Paulo: SESC, 1989.

D’ARTHEZ, Danielle. “Minha Nora”. A Capital, Rio de Janeiro, 17/06/1902, p. 2.

DEVIDE, Fabiano Pries. Gênero e mulheres no esporte: história das mulheres nos Jogos Olímpicos Modernos. Ijuí: Ed. Unijuí, 2005.

DIÁRIO DE PERNAMBUCO. Diário de Pernambuco, Recife, 20/08/1886, p. 5.

DIÁRIO DE PERNAMBUCO. Diário de Pernambuco, Recife, 16/10/1889, p. 6.

FREYRE, Gilberto. Ingleses no Brasil. Rio de Janeiro: José Olympio/MEC, 1977.

GAMBETA, Wilson. A bola rolou: o velódromo paulista e os espetáculos de futebol. São Paulo: Editora S ESI, 2015.

GAZETA DE NOTÍCIAS. Gazeta de Notícias, Rio de Janeiro, 09/06/1882, p. 1.

GAZETA DE NOTÍCIAS. Gazeta de Notícias, Rio de Janeiro, 17/06/1883, p. 1.

GAZETA DE PETRÓPOLIS. Gazeta de Petrópolis, Petrópolis, 03/05/1893, p. 2.

GAZETA DE PETRÓPOLIS. Gazeta de Petrópolis, Petrópolis, 12/04/1900, p. 4.

GILLMEISTER, Heiner. Tennis: cultural history. London: Leicester University Press, 1998.

GOELLNER, Silvana Vilodre. “Jogos Olímpicos: a generificação de corpos performantes”. Revista USP, São Paulo, n. 108, p. 29-38, jan./mar. 2016. Disponível em https://www.revistas.usp.br/revusp/article/view/118235. Acesso em 20/04/2021.

GONÇALVES, Gabriel et al. “Uma história do tênis no Brasil: apontamentos sobre os clubes esportivos e seus métodos de ensino”. Educación Física y Ciencia, La Plata, v. 20, n. 3, e057, 2018. Disponível em https://www.researchgate.net/publication/329229001_Uma_historia_do_tenis_no_Brasil. Acesso em 14/04/2021.

GRAHAM, Richard. Grã-Bretanha e o início da modernização no Brasil: 1850-1914. São Paulo: Brasiliense, 1973.

HOBSBAWM, Eric. A era dos impérios: 1875-1914. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1988.

HOLT, Richard. Sport and the British: a modern history. New York: Oxford University Press, 1989.

JORNAL DO BRASIL. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 08/09/1901, p. 5.

JORNAL DO COMMERCIO. Jornal do Commercio, Rio de Janeiro, 20/03/1899, p. 1.

JORNAL DO RECIFE. Jornal do Recife, Recife, 25/12/1886, p. 1.

LAKE, Robert J. “Gender and etiquette in British lawn tennis 1870-1939: a case study of ‘mixed doubles’”. The International Journal of the History of Sport, London, v. 29, n. 5, p. 691-710, 2012.

LAKE, Robert J. “Social class, etiquette and behavioural restraint in British lawn tennis: 1870-1939”. The International Journal of the History of Sport, London, v. 28, n. 6, p. 876-894, 2011.

MARLAND, Hilary. “‘Bicycle-Face’ and ‘Lawn Tennis’ Girls”. Media History, London, v. 25, n. 1, p. 70-84, 2017.

MARTÍNEZ, Bernardino Javier Sánchez-Alcaraz. “Historia y evolución del tenis”. Materiales para la Historia del Deporte, Sevilha, n. 11, p. 52-56, 2013. Disponível em http://polired.upm.es/index.php/materiales_historia_deporte/article/view/4139/4330. Acesso em 13/04/2021.

MELO, Victor Andrade de. “A sociabilidade britânica no Rio de Janeiro do século XIX: os clubes de cricket”. Almanack, Guarulhos, n. 16, p. 168-205, 2017. Disponível em https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S2236-46332017000200168&script=sci_arttext&tlng=pt. Acesso em 20/04/2021.

MELO, Victor Andrade de; SCHETINO, André. “A bicicleta, o ciclismo e as mulheres na transição dos séculos XIX e XX”. Revista Estudos Feministas, Florianópolis, v. 17, n. 1, p. 111-134, jan. 2009. Disponível em https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-026X2009000100007&script=sci_arttext. Acesso em 13/04/2021.

MILLS, John. Charles Miller: o pai do futebol. São Paulo: Panda Books, 2005.

MORAIS-ALEXANDRE, Paulo. O ténis e a moda. Lisboa: Escola Superior de Teatro e Cinema, 2010.

NASCIMENTO, Leone Severino do; SILVA, Joanna Lessa Fontes. “Das praias cariocas aos rios recifenses: a institucionalização do remo no Rio de Janeiro e no Recife”. In: LUCENA, Ricardo de Figueiredo Lucena; MENDES, Maria Isabel Brandão de Souza; CANUTO, Priscila Santos (Orgs.). Esportes no Nordeste: um mosaico sócio-histórico. João Pessoa: Editora Universitária da UFPB, 2011. p. 51-70.

NINA, Roberta. “Roupas proibidas e regras ultrapassadas ainda atrasam tênis feminino”. Dibradoras [online], 29/08/2018. Disponível em https://dibradoras.blogosfera.uol.com.br/2018/08/29/roupas-proibidas-e-regras-ultrapassadas-ainda-atrasam-tenis-feminino/. Acesso em 28/09/2019.

RATHBONE, Keith. “‘Save the long skirt’: women, sports, and fashion in Third Republic and Vichy France”. The International Journal of the History of Sport, London, v. 36, n. 2-3, p. 294-319, 2019.

ROCHA, Antonio Penalves. “The Rio News de A. J. Lamoureux: um jornal abolicionista carioca de um norte-americano”. Projeto História, São Paulo, n. 35, p. 141-159, dez. 2007. Disponível em https://revistas.pucsp.br/revph/article/view/2210. Acesso em 20/04/2021.

SANT’ANNA, Denise Bernuzzi. “História do conforto na cidade de São Paulo”. Anos 90, Porto Alegre, n. 14, p. 162-183, dez. 2000. Disponível em https://seer.ufrgs.br/anos90/article/view/6800. Acesso em 20/04/2021.

SANTOS JUNIOR, Nei Jorge. A vida divertida suburbana: representações, identidades e tensões em um arrabalde chamado Bangu (1895-1929). 2017. Doutorado (Programa Interdisciplinar de Estudos do Lazer) – Escola de Educação Física da Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG, Brasil. Disponível em http://www.eeffto.ufmg.br/eeffto/info/defesas/513/a_vida_divertida_suburbana_representacaes_identidades_e_tensaes_em_um. Acesso em 20/04/2021.

SCHPUN, Mônica Raisa. “Códigos sexuados e vida urbana em São Paulo: as práticas esportivas da oligarquia nos anos vinte”. In: SCHPUN, Mônica Raisa (Org.). Gênero sem fronteiras: oito olhares sobre mulheres e relações de gênero. Florianópolis: Editora Mulheres, 1997. p. 45-67.

SCOTT, Joan Wallach. “Gênero: uma categoria útil de análise histórica”. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 20, n. 2, p. 71-99, jul./dez. 1995. Disponível em https://www.seer.ufrgs.br/educacaoerealidade/article/viewFile/71721/40667. Acesso em 20/04/2021.

SOARES, Carmen Lúcia. As roupas nas práticas corporais e esportivas: a educação do corpo entre o conforto, a elegância e a eficiência (1920-1940). Campinas: Autores Associados, 2011.

THE ANGLO-BRAZILIAN TIMES. The Anglo-Brazilian Times, Rio de Janeiro, 09/01/1880, p. 2. THE RIO NEWS, 15/11/1885, p. 1.

THE RIO NEWS. The Rio News, Rio de Janeiro, 15/11/1885, p. 1.

THE RIO NEWS. The Rio News, Rio de Janeiro, 19/01/1892, p. 3.

THE RIO NEWS. The Rio News, Rio de Janeiro, 17/01/1893, p. 5.

THE RIO NEWS. The Rio News, Rio de Janeiro, 23/05/1893, p. 3.

THE RIO NEWS. The Rio News, Rio de Janeiro, 07/06/1898, p. 7.

THE RIO NEWS. The Rio News, Rio de Janeiro, 27/09/1898, p. 4.

THE RIO NEWS. The Rio News, Rio de Janeiro, 23/05/1899, p. 4.

THE RIO NEWS. The Rio News, Rio de Janeiro, 01/08/1899, p. 5.

THE RIO NEWS. The Rio News, Rio de Janeiro, 24/10/1899, p. 3.

THE RIO NEWS. The Rio News, Rio de Janeiro, 26/06/1900, p. 4.

THE RIO NEWS. The Rio News, Rio de Janeiro, 26/02/1901, p. 3.

TRINDADE, Etelvina. “Cidade moderna e espaços femininos”. Projeto História, São Paulo, n. 13, p. 109-120, jun. 1996. Disponível em https://revistas.pucsp.br/revph/article/viewFile/11260/8268. Acesso em 20/04/2021.

VIEIRA, Marina Tucunduva Bittencourt Porto. “Esporte, cidade e modernidade: Santos”. In: MELO, Victor Andrade de (Org.). Os sports e as cidades brasileiras: transição dos séculos XIX e XX. Rio de Janeiro: Apicuri, 2010, p. 71-95.

WILSON, Elizabeth. Love game. Chicago: University of Chicago Press, 2016.

Downloads

Publicado

2021-10-21

Edição

Seção

Gênero, tecnologias e (novas) formas de subjetivação nas práticas esportivas