Liberdade de expressão, pornografia e igualdade de gênero

Júlio César Casarin Barroso Silva

Resumo


Este trabalho expõe uma controvérsia que tem oposto teóricos liberais a parte domovimento feminista no debate público estadunidense. No centro da controvérsia está adiscussão sobre a desejabilidade da repressão estatal a material pornográfico. Liberais tendema ver na demanda feminista por proibição da pornografia uma mera reedição moralista eantiliberal da velha censura. Feministas, por sua vez, procuram colocar o tema como umproblema de ordem político-igualitária, apoiando-se no argumento de que a pornografia éuma indústria de conteúdo misógino e uma ameaça concreta à igualdade sociopolítica entrehomens e mulheres, uma vez que sua difusão modifica o modo como as mulheres são percebidasno espaço público. Procuram, assim, igualar a pornografia a outras expressões de ódio eintolerância, como o racismo e a homofobia.


Palavras-chave


Liberalismo; Feminismo; Liberdade de Expressão; Pornografia; Igualdade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-026X2013000100008

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 Licença Creative Commons
A Revista Estudos Feministas está sob a licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Revista Estudos Feministas, ISSN 1806-9584, Florianópolis, Brasil.