“Brincar” como agente promotor de saúde no desenvolvimento infantil

Lecila Duarte Barbosa Oliveira, Mauro Luís Vieira, Scheila Tatiana Duarte Cordazzo

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/2178-4582.2008v42n1-2p193Este artigo2 propõe um modelo de estudo que visa a abordar a brincadeira como agente promotor de saúde no desenvolvimento. O modelo parte da brincadeira e divide-se em dois grandes aspectos do desenvolvimento: o físico e o simbólico. Em seguida, são abordadas áreas específicas do desenvolvimento humano que o brincar pode estimular. O modelo de estudo proposto objetiva auxiliar profissionais e pais na compreensão do desenvolvimento infantil e na utilização da brincadeira como recurso para estimular aspectos essenciais no ser humano.

Palavras-chave


Brincadeira; Desenvolvimento; Saúde

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2178-4582.2008v42n1-2p193

Direitos autorais 2008 Lecila Duarte Barbosa Oliveira, Mauro Luís Vieira, Scheila Tatiana Duarte Cordazzo

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

R. Ci. Hum. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe 2178-4582

Creative Commons License Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

 

.