Importância da rede social de apoio para mães de crianças na primeira infância

Larissa Fanfa Vanderlinde, Gabriela Amboni Borba, Mauro Luís Vieira

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/2178-4582.2009v43n2p429

O principal objetivo desse estudo foi verificar quais são as principais dificuldades enfrentadas pelas mães em relação ao cuidado de seus filhos, com que pessoas as mesmas podem contar e que função estas exercem. Participaram do estudo 14 mães residentes em Florianópolis através de entrevista semi-estruturada composta por 14 perguntas. Os dados foram analisados através de categorias construídas após a realização das entrevistas. Os principais resultados apontam que as principais dificuldades enfrentadas dizem respeito à adaptação à nova vida quando os filhos nascem e à necessidade de alguém que ajude a cuidá-los. Embora o marido tenha um papel central para as mães durante os primeiros anos de vida dos filhos, outras pessoas também são importantes, como familiares e amigos. Conclui-se que diferentes pessoas inseridas na rede de apoio social da mãe exercem diferentes funções, mesmo que uma única pessoa possa assumir mais de uma função.


Palavras-chave


Apoio social; Rede social de apoio; Mães; Desenvolvimento infantil

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2178-4582.2009v43n2p429

Direitos autorais 2009 Larissa Fanfa Vanderlinde, Gabriela Amboni Borba, Mauro Luís Vieira

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

R. Ci. Hum. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe 2178-4582

Creative Commons License Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

 

.