Trabalho decente, ética e liberdade

Wilson Aparecido Costa de Amorim, Amyra Moyzés Sarsur, André Luiz Fischer

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/2178-4582.2010v44n2p417

A expressão “Trabalho Decente” é a diretriz estratégica prioritária da Orga- nização Internacional do Trabalho desde 1999. Através do Trabalho Decente, a OIT procura estimular o debate a respeito do trabalho nesses tempos de globalização. O texto trata das dificuldades para formulação e adoção do conceito do Trabalho Decente em função da gama de situações existentes no mundo do trabalho, que vão desde a simples exclusão dos trabalhadores até sua atual e complexa inserção nas empresas. O texto aponta que a proposta da agenda do Trabalho Decente era fortemente embasada em elementos éticos a partir dos quais se buscavam funda -mentos econômicos para sua validação. Nesta análise, são destacados os aspectos que, no mundo do trabalho, envolvem a noção de liberdade.


Palavras-chave


Trabalho decente; Ética; Liberdade

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2178-4582.2010v44n2p417

Direitos autorais 2010 Wilson Aparecido Costa de Amorim, Amyra Moyzés Sarsur, André Luiz Fischer

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

R. Ci. Hum. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe 2178-4582

Creative Commons License Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

 

.