A psicologia e a educação ambiental

Autores

  • Luana dos Santos Raymundo Universidade Federal de Santa Catarina Aluna do PPG em Psicologia/UFSC, Endereço para correspondências: Laboratório de Psicologia Ambiental, CFH/UFSC, Campus Universitário, Florianópolis, SC, 88040-970
  • Ariane Kuhnen Universidade Federal de Santa Catarina Professora do Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Universidade Federal de Santa Catarina,Florianópolis/SC

DOI:

https://doi.org/10.5007/2178-4582.2010v44n2p435

Palavras-chave:

Educação ambiental, Psicologia ambiental, Interdisciplinaridade

Resumo

Objetivando investigar como a Educação vem se apropriando dos estudos psicológicos e como essa relação entre as disciplinas aparece nas pesquisas em ciências humanas, propôs- se neste artigo, verificar nas publicações da área, como a Educação vem dialogando com a Psicologia. Assim, este artigo realizou um levantamento bibliográfico em duas bases de dados referen -ciadas na área de ciências humanas (PsycINFO e Web of Science). Os resultados foram organizados em eixos temáticos, nos quais se identificou  a predominância de dois eixos: 1) Estudos que utilizam as ferramentas psicológicas para avaliar a efetividade de programas educacionais ambientais específicos;2) Estudos que procuram resgatar conceitos da psicologia ambiental como indicadores de intervenções na relação pessoaambiente.Nesse sentido, este artigo sugere a apropriação pela educação ambiental dos estudos em Psicologia Ambiental Evolutiva (eixo temático 3),os quais identificam durante todo o ciclo vital as dimensões intervenientes no processo de aprendizagem e constituição do sujeito ecológico.

Biografia do Autor

Luana dos Santos Raymundo, Universidade Federal de Santa Catarina Aluna do PPG em Psicologia/UFSC, Endereço para correspondências: Laboratório de Psicologia Ambiental, CFH/UFSC, Campus Universitário, Florianópolis, SC, 88040-970

Luana dos Santos Raymundo é Doutoranda, possui Mestrado, Formação e Licenciatura em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência na área de Psicologia Hospitalar, com ênfase em Psicologia Pediatrica e do Desenvolvimento Infantil, sendo essas áreas aprimoradas quando atuou nas seguintes instituições hospitalares: Hospital Universitário/UFSC (1998-2003) e Hospital das Clinicas/FMUSP (2004-2006). Tem experiência com Tutoria na Educação a Distância com a disciplina de Psicologia da Educação. Atualmente é pesquisadora no Laboratório de Psicologia Ambiental (LAPAM/UFSC) realizando pesquisas em duas linhas: psicologia do desenvolvimento e psicologia ambientalCertificado pelo autor em 25/01/12

Ariane Kuhnen, Universidade Federal de Santa Catarina Professora do Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Universidade Federal de Santa Catarina,Florianópolis/SC

Ariane Kuhnen Psicóloga, Mestre em Sociologia Política, Doutora em Ciências Humanas, Professora do Departamento de Psicologia na Universidade Federal de Santa Catarina, onde também coordena o Laboratório de Psicologia Ambiental. Participa da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Psicologia (ANPEPP - GT Psicologia Ambiental). Atua em duas linhas de pequisa: psicologia do desenvolvimento e psicologia ambiental, onde investiga como as características psicológicas interagem com as características do ambiente e que implicação essa inter-relação tem nas representações e no comportamento humano.Certificado pelo autor em 12/12/11

Downloads

Publicado

2010-04-24

Edição

Seção

Artigos