O desafio da orientação profissional com adolescentes no contexto da modernidade líquida

Marucia Patta Bardagi, Mariana Moura dos Santos, Iuri Novaes Luna

Resumo


Este artigo propõe uma discussão acerca das dificuldades observadas em processos de orientação profissional com adolescentes sob a ótica da modernidade líquida. Segundo esta perspectiva, as características principais da modernidade são a efemeridade, o distanciamento e a superficialidade de conhecimento e entendimento dos sujeitos acerca do mundo e de si mesmos, geradas pelos impedimentos e pela falta de estímulo à reflexão. Este espírito de desapego e descompromisso pode trazer dificuldades no planejamento profissional e de vida, seja na adolescência ou mais adiante, pois pensar no próprio futuro e tomar decisões sobre ele implica autoconhecimento, percepção de estabilidade (ainda que não rigidez) de certos interesses e metas pessoais e estabelecimento de estratégias de longo prazo. Nesse sentido, as implicações das características da modernidade líquida nos resultados e na própria concepção dos processos de orientação profissional são discutidas ao longo do texto.


Palavras-chave


orientação profissional; adolescentes; escolha profissional; modernidade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/2178-4582.2014v48n2p303

Direitos autorais 2014 Marucia Patta Bardagi, Mariana Moura dos Santos, Iuri Novaes Luna

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

R. Ci. Hum. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe 2178-4582

Creative Commons License Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

 

.