Estado, descentralização, políticas públicas e novas instâncias participativas: o caso da agricultura em Santa Catarina

Eros Marion Mussoi

Resumo


Considerando a necessidade de estudar as relações entre Estado e Sociedade, este trabalho enfoca transformações recentes ocorridas no serviço público agrícola catarinense, principalmente pelo foco da participação cidadã, tanto no que se refere à política e estruturação dos serviços de produção e difusão de conhecimento técnico-cientifico, quanto da formulação de políticas públicas municipais. Especial atenção é dada à criação de novas instâncias
participativas como é o caso dos Conselhos Municipais de Desenvolvimento.

Palavras-chave


Estado; Municipalização; Descentralização; Conselhos de Desenvolvimento; Integração pesquisa e extensão rural; Participação política; Representatividade.

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais 1999 Eros Marion Mussoi

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

R. Ci. Hum. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe 2178-4582

Creative Commons License Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

 

.