Representações sociais e avaliação institucional

Autores

  • Eloiza da Silva Gomes de Oliveira Universidade do Estado do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.5007/%25x

Palavras-chave:

Representações sociais, Avaliação institucional, Imagiridrio das instituições

Resumo

O texto propõe alternativas de aproximação, conceitual e metodológica, entre o estudo das representações sociais e a avaliação institucional. Buscamos na Indução por Cenário Ambíguo (ISA), criada por Moliner, uma estratégia. metodológica para desvelar o imaginário institucional e atingir o núcleo central das representações sociais que os docentes, estudantes e servidores da Faculdade de Educação da UERJ constróem, em relação à instituição. A metade da amostra aplicamos um instrumento com vinte afirmativas sabre uma faculdade de educação genérica. Para a outra metade o instrumento, embora semelhante, identificava a faculdade coma sendo a de educação da UERJ, criando o "cenário ambíguo". As pessoas escolheram sete assertivas que consideravam mais importantes, graduando-as da menos para a mais relevante. Apresentamos os resultados iniciais, obtidas com as estudantes, ilustrados por gráficos. Esses dados serão cotejados com a análise do discurso de entrevistas, para que se chegue a conclusões ainda mais amplas e confiáveis.

Biografia do Autor

Eloiza da Silva Gomes de Oliveira, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Possui Graduação em Psicologia e em Pedagogia, Especialização em Supervisão Educacional e Mestrado em Psicologia Escolar. Concluiu o Doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atualmente é professora Adjunta da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

Mais informações no Currículo Lattes.

Downloads

Publicado

2000-01-01