Os blogues como cena bioficcional na formação da literatura baiana contemporânea

Lívia Maria Natália de Souza Santos

Resumo


O interesse deste artigo está na compreensão das representações de sujeito e subjetividade acionadas nas escritas criativas de jovens autores da literatura baiana contemporânea que fazem os seus textos circularem através de blogues na internet. Primeiramente, os poetas Sandro Ornellas e Ângela Vilma; o primeiro enquanto um marginal extemporâneo, articulado e informado pela cultura urbana e pela literatura marginal da década de 70 compondo-se, assim, como um narciso desencantado na cena contemporânea e a segunda na exploração da dimensão memorialística e perlaborativa de sua escrita. Depois, a contística de Marcus Vinícius que concorre na construção de um discurso da diferença através de uma poética dos afetos do corpo em suas várias demandas de representação. O nosso interesse de estudo se concentra na análise do ambiente de exposição destes textos, a saber, os blogues, pela imediatez da resposta crítica e aderência do texto a discursos suplementares do cotidiano.


Palavras-chave


Literatura Baiana Contemporânea; Subjetividade; Blogues;

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1807-9288.2011v7n2p113



Direitos autorais 2011 Lívia Maria Natália de Souza Santos

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Texto DigitalUniversidade Federal de Santa CatarinaFlorianópolisSanta Catarina, Brasil. ISSNe 1807-9288

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.