Percursos da Leitura entre a Página e a Tela: uma Multiplicidade de Sentidos

Débora Cristina Santos Silva, Keila Matida de Melo Costa

Resumo


Este artigo, ao traçar um esboço das práticas sociais de leitura, propõe uma discussão sobre as condições de produção e recepção do texto digital. Para isso, focaliza a relação estabelecida entre o leitor e o texto nas experiências de leitura analógica e digital, avaliando suas especificidades diante a materialidade do texto e de sua configuração, em cada um desses suportes. Considera as múltiplas construções de sentido possíveis ao leitor em contato com o texto, tendo em vista a maneira como ele apreende o texto impresso e de como isso se altera quando se trata do texto em suporte digital, uma vez que, nesse caso, a interligação texto e leitor é mediada por tecnologias que favorecem a convergência de mídias, além de intensificar a experiência de interação do leitor com o texto e a interface.


Palavras-chave


Leitura; Texto impresso; Texto digital; Leitor; Interatividade

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1807-9288.2012v8n1p55



Direitos autorais 2012 Débora Cristina Santos Silva, Keila Matida de Melo Costa

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Texto DigitalUniversidade Federal de Santa CatarinaFlorianópolisSanta Catarina, Brasil. ISSNe 1807-9288

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.