Ambiência e memória na constituição do humano

Dalva de Souza Lobo

Resumo


As estratégias da memória humana - lembrança e esquecimento, são responsáveis pela preservação da história do homem que ao longo  da existência, procurou aplacar a angústia diante da efemeridade. Dessa forma ele criou códigos para registrar os eventos ligados à  tal preservação , e desses códigos derivaram os conceitos que constituíram seu acervo memorial. Com o passar do tempo, porém, o homem sentiu a necessidade de criar um expediente externo com o qual pudesse partilhar as muitas e diferentes informações do acervo constituído e, assim, ele criou uma memória virtual viabilizando não somente a troca de informação, mas a possibilidade de articular, para além do tempo e espaço, os signos de sua história. A relação entre memória humana e memória virtual aponta para a consolidação de um novo formato para a aquisição do conhecimento efetivado pelas ranhuras ou rizomas que constituem novos saberes e nossa reflexão gira em torno de como essas ranhuras se traduzem ao migrarem entre o espaço da memória humana para a virtual e como criam novos signos que voltam para o humano. Para pensar em que circunstâncias esses fenômenos ocorrem nos apoiamos nos conceitos de memória, rizoma, territorialização e desterritorialização a partir dos filósofos Henri Bergson, Paul Zumthor Gilles Deleuze e Félix Guattari. Os resultados obtidos, buscam levar à compreensão de que a consolidação entre memória humana e virtual só é possível em função da capacidade humana de, mediante aparato tecnológico, reescrever sua história  expandindo seus signos.


Palavras-chave


Memória; Ambiente virtual; Rizoma; Registro

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1807-9288.2012v8n2p114



Direitos autorais 2012 Dalva de Souza Lobo

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Texto DigitalUniversidade Federal de Santa CatarinaFlorianópolisSanta Catarina, Brasil. ISSNe 1807-9288

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.