A (re)significação de posturas frente à Educação a Distância

Ana Maria Cardoso, Maria Salete Genovez, Moisés Lucas dos Santos, Nivaldo Carleto, Simone Cecília Peregrini da Silva

Resumo


As novas Tecnologias de Informação e Comunicação­ promovem inúmeras mudanças no comportamento social e cultural em nossos dias. O que se sabe é que o impacto deste fenômeno repercute em inúmeros setores sociais, mas é na forma de comunicação e na educação que estes fatores ganham força. Aliás, o modo como o sujeito do século XXI faz uso e como se expressa através destes instrumentos talvez defina uma inegável quebra de paradigmas. Se as gerações anteriores estavam acostumadas a assistir a programas televisivos quase sempre relacionados à aplicabilidade e venda de um produto ou à determinação de comportamentos, agora, a interação através da internet e redes sociais redefine posturas. Este artigo reflete acerca dos condicionamentos impostos ao telespectador para, num segundo momento, discutir de que maneira as novas ferramentas de TICs podem contribuir para uma dinâmica aprendizagem em rede. Nesta perpectiva se fez um levantamento de artigos científicos, a fim de procurar compreender em que medida os estudantes têm se servido dos meios disponíveis para a interação em rede e no ambiente de aprendizagem online. O que se verifica, no entanto, é que os aprendizes ainda não conseguem se apoderar dos espaços de interação que estão a sua disposição, o que indica ser este um dos obstáculos para se vincular ao curso. O mau uso da linguagem e a falta de um sentimento de pertencimento, infelizmente, têm contribuído para que os estudantes ainda relutem ou se sintam perdidos no ambiente de educação a distância


Palavras-chave


Educação a Distância; Mídias; Literatura brasileira

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1807-9288.2012v8n2p3



Direitos autorais 2012 Ana Maria Cardoso, Maria Salete Genovez, Moisés Lucas dos Santos, Nivaldo Carleto, Simone Cecília Peregrini da Silva

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Texto DigitalUniversidade Federal de Santa CatarinaFlorianópolisSanta Catarina, Brasil. ISSNe 1807-9288

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.