O projeto Cibéria: um experimento em hermenêutica digital

María Goicoechea de Jorge

Resumo


Este artigo apresenta a "Ciberia", uma coleção de obras de literatura eletrônica em espanhol, hospedados em Oda 2.0, um repositório de objetos de aprendizagem da Universidad Complutense de Madrid. O projeto Ciberia envolve experimentação ao nível humanístico e tecnológico, uma vez que lida com o desafio de arquivamento de obras literárias nascidas digitais, bem como com o próprio processo de arquivamento, que estamos realizando em Oda 2.0, um sistema de gerenciamento de dados para a criação de repositórios de objetos de aprendizagem na Web. Oda permite que diferentes pesquisadores possam trabalhar de forma colaborativa de maneira simultânea na base de dados: podem não apenas introduzir novos objetos, mas também modificar o modelo de dados. Esta interação entre eles nos permite criar taxonomias em uma forma indutiva ao invés de uma forma dedutiva.O artigo aborda aspectos como os objetivos da coleção, a elaboração do fichamento bibliográfico da Ciberia, o processo de limpeza de metadados e reconciliação com outras coleções da nuvem de dados vinculados, como o Projeto CELL, e funções de investigação e pedagógica do Ciberia. Além disso, vamos mostrar algumas das suas obras literárias mais representativas enquanto vamos revendo o processo de criação da coleção.


Palavras-chave


Bibliotecas digitais; Ciberia; Hermenêutica digital; Banco de dados; Literatura digital; Literatura contemporânea espanhola

Texto completo:

PDF/A (English)


DOI: https://doi.org/10.5007/1807-9288.2015v11n1p4



Direitos autorais 2015 María Goicoechea de Jorge (Universidad Complutense de Madrid)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Texto DigitalUniversidade Federal de Santa CatarinaFlorianópolisSanta Catarina, Brasil. ISSNe 1807-9288

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.