Uma análise da indumentária em Mortal Kombat: histórico e evolução

Régis Puppim

Resumo


O presente artigo procura analisar a evolução das imagens dos personagens de jogos eletrônicos, sobretudo em suas indumentárias, com estudo de caso em Mortal Kombat, nas suas versões 1, 2, 3, 4 e Armageddon, respectivamente lançadas em 1992, 1993, 1995, 1997 e 2006. Nesta iniciativa, tivemos a oportunidade de registrar a importância recreativa e cultural que os games exercem sobre na sociedade contemporaneamente. Além disso, demonstramos que as novas tecnologias e ferramentas desenvolvidas, nos referidos jogos, incorporam recentemente, com muita propriedade, alguns aspectos do comportamento humano referente ao vestir. Evidenciando assim, a preocupação dos criadores de jogos em atender e superar as expectativas daqueles que jogam, em relação às roupas que os personagens vestem. Ao longo do período de tempo recortado notamos que foram agregadas características de interatividade, melhorias de desenvoltura ao longo do jogo e de representação gráfica, princípios de design e maior funcionalidade, tornando o jogo cada vez mais sofisticado.


Palavras-chave


Mortal Kombat; Game Design; Figurino; Design de Aparência

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1807-9288.2012v8n2p196



Direitos autorais 2012 Régis Puppim

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Texto DigitalUniversidade Federal de Santa CatarinaFlorianópolisSanta Catarina, Brasil. ISSNe 1807-9288

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.