Paulo Aquarone: poeta multimídia

Autores

  • Paulo Aquarone

Resumo

Paulo Aquarone é poeta multimídia e utiliza a internete, desde o início da década de 1990, para produzir e divulgar sua obra. Ele faz uso, ainda, de outras mídias na confecção dos poemas, como; instalação, objeto, happening, vídeo, etc.O poeta tem onze títulos publicados e comentários críticos feitos por Augusto de Campos (poeta), Ferreira Gullar (poeta), Paulo Bomfim (poeta), Raphael Galvez (pintor e escultor), Adélia Prado (poeta), Judith Lauand (artista plástica), Antônio Maluf (artista plástico), entre outros. Há exposições de suas obras em diversos espaços como: Centro Cultural São Paulo, Biblioteca Central (São Paulo, Rio de Janeiro e Santa Catarina), Biblioteca Nacional de Lisboa (comemoração aos 500 anos do Brasil), Casa das Rosas-Espaço Haroldo de Campos (SP), Caixa Econômica Federal (SP), Conexões Tecnológicas – Prêmio Sérgio Motta de arte e tecnologia (SP), FILE (Festival Internacional de Linguagem Eletrônica) no prédio da FIESP (SP), entre outros espaços.Acesso:  www.pauloaquarone.com/textodigital.html e http://www.pauloaquarone.com/

Publicado

2012-12-09

Edição

Seção

Criações Digitais