Variação linguística e ensino de gramática

Edair Maria Görski, Izete Lehmkuhl Coelho

Resumo


O objetivo deste texto é fazer algumas reflexões, a partir de pressupostos sociolinguísticos, sobre certas questões que envolvem variação e mudança linguística, com implicações diretas no ensino da língua. Discutimos os seguintes tópicos: a língua como atividade social e as variedades linguísticas; a questão da norma, do valor social das formas variantes e do preconceito linguístico; e esboçamos algumas sugestões metodológicas para o ensino de gramática, considerando a diversidade linguística e o aprimoramento da competência comunicativa dos alunos. Esses tópicos são abordados tomando como pano de fundo um contraponto entre um ensino gramatical ‘tradicional’ e o papel social da escola, conforme proposto pelos Parâmetros Curriculares Nacionais de Língua Portuguesa.

 


Palavras-chave


Ensino de gramática; Variação linguística; Preconceito linguístico; Norma

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-8420.2009v10n1p73

Working Papers em Linguística, ISSN 1984-8420, Florianópolis (Santa Catarina), Brasil

 

CC-by-NC icon
Esta obra está licenciada sob licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.