Um tipo americano de tristeza: o próximo romance de David Foster Wallace e os próximos romances americanos

Caetano Waldrigues Galindo

Resumo


Este texto busca considerar certa corrente da literatura Norte-Americana recente, para ver nela uma rejeição do onipotente princípio da ironia, tão intimamente ligado ao pós-modernismo. Como exemplo desse movimento, o texto examina mais de perto a aprodução de David Foster Wallace (1962-2008), tanto como ficcionista quanto como ensaista, que parece manifestar melhor que qualquer desses pares essa tendência.


Palavras-chave


David Foster Wallace; Pós-modernismo; Ironia

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x



outra travessia, eISSN 2176-8552, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

CC-by-NC icon
Esta obra foi licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.