O romance e a violência urbana

Helena Heloisa Fava Tornquist

Resumo



Com A Grande arte, o escritor Rubem Fonseca, prosseguindo na temática da violência urbana característica das obras anteriores, dava inicio a uma renovação do gênero policial. Neste romance publicado em 1983 evidenciava-se o claro esforço do autor para falar na confluência de um gênero conhecido do grande público, marcado por cenas de sangue, de sexo, e algumas concessões ao folhetinesco, com uma proposta inovadora, na qual o ato de narrar associado à imagem permitia a construção de quadros da vida real. Nas dobras de um discurso em que diferentes inflexões da violência no tecido social por vezes assumiam um tom irônico, a apontar a origem da degradação geral das sociedades modernas, este romance é representativo de um tempo que a expressão artística encaminhava-se para a estetização da realidade.



Palavras-chave


Violência; Romance Policial; Estetização do real

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2176-8552.2010n6p127



outra travessia, eISSN 2176-8552, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

CC-by-NC icon
Esta obra foi licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.