Autobiografia antes da queda? A impossível nudez diante de um animal poético, ou Benjamin assombra Derrida

Autores

  • Nabil Araújo UFMG

DOI:

https://doi.org/10.5007/2176-8552.2012n14p49

Palavras-chave:

Animalidade, Poeticidade, Autobiografia, Desconstrução

Resumo

Este texto aborda o malogro da tentativa derridiana de uma autobiografia-antes-da-queda em “L’animal que donc je suis (à suivre)”, de modo ailuminar, de uma só vez, a impossibilidade de uma nudez originária, “adâmica”,em face dos objetos do discurso, e a necessidade daquele “estilo desconstrutivo”que Derrida quis, então, dispensar.

Biografia do Autor

Nabil Araújo, UFMG

Downloads

Publicado

2013-06-19