O teatro no Brasil e a representação do Holocausto: Samuel Rawet e Hilda Hilst

Autores

  • Berta Waldman USP - CNPq

DOI:

https://doi.org/10.5007/2176-8552.2013n16p59

Palavras-chave:

Literatura Comparada, Teoria Literária, Teatro

Resumo

A primeira parte, I. "O lance de dados", analisa, em clave existencialista, a peça do mesmo nome, do dramaturgo polonês brasileiro Samuel Rawet, até agora inédita no Brasil. A segunda parte, II. "Aves da Noite: sobrevoando Auschwitz", por sua parte, se concentra na peça "As aves da noite", da brasileira Hilda Hilst, na qual se imagina o que teria acontecido num episidio vivido por um grupo de prisioneiros no campo de concentração de Auschwitz.

Biografia do Autor

Berta Waldman, USP - CNPq

Possui graduação em Letras pela Universidade de São Paulo (1965), mestrado em Letras (Literatura Portuguesa) pela Universidade de São Paulo (1969) e doutorado em Literatura Comparada e Teoria Literária pela Universidade de São Paulo (1981). Atualmente é professora titular aposentada da Universidade de São Paulo e professora aposentada da Universidade Estadual de Campinas.

Downloads

Publicado

2014-07-10

Edição

Seção

Artigos