A noite explode nas cidades três hipóteses sobre Vinagre: uma antologia de poetas neobarracos

Gustavo Silveira Ribeiro

Resumo


O artigo lê o livro eletrônico Vinagre: uma antologia de poetas neobarracos, organizado por Fabiano Calixto e Pedro Tostes, buscando pensar a partir dele as manifestações de rua de Junho de 2013, motivo explícito do livro e até agora poucas vezes abordado a partir de seus desdobramentos estéticos e representacionais na cultura. Tomando a internet como ponto de encontro, produção e agenciamento da criação poética e da gestação de forças políticas de resistência, o artigo propõe três hipóteses específicas sobre Vinagre, a saber: a relação do livro com uma guinada política que vinha (e vem) se processando no cenário da poesia brasileira contemporânea; a existência de uma homologia formal entre a estrutura da coletânea e os próprios eventos de Junho; a centralidade, no conjunto heterogêneo dos poemas, da violência policial e seus efeitos perversos.


Palavras-chave


Poesia brasileira contemporânea; Política; Jornadas de Junho; Violência policial

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2176-8552.2015n20p165



outra travessia, eISSN 2176-8552, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

CC-by-NC icon
Esta obra foi licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.