Dinâmicas de grupo e gerenciamento de impressões: estudo sobre auto-apresentação na seleção de estagiários e trainees

Autores

  • Rodrigo Telles Pires Hallak Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
  • José Luis Felicio Carvalho Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8077.2011v13n29p243

Palavras-chave:

Processos de seleção. Gerenciamento de impressões. Auto-apresentação. Dinâmicas de grupo.

Resumo

Estágios profissionais e programas de trainees estão entre as modalidades mais importantes de ingresso no mercado de trabalho. Em processos seletivos para tais vagas, as dinâmicas de grupo são amplamente adotadas por empresas e consultorias de Recursos Humanos. Por constituir uma técnica vivencial, as dinâmicas desvelam a possibilidade de utilização de Gerenciamento de Impressões (GI) por parte dos candidatos. O presente estudo tem por objetivo identificar se estudantes de Administração recorrem a estratégias e táticas de GI ao participar desse tipo de seleção. A pesquisa buscou investigar também se, na visão dos candidatos, seus concorrentes e os próprios selecionadores valem-se do recurso. A parte empírica do estudo, que se seguiu a uma revisão de literatura com foco nos temas pertinentes, comportou uma pesquisa de base qualitativa conduzida a partir de um questionário respondido por estudantes matriculados em duas universidades do Rio de Janeiro. O tratamento dos dados seguiu o protocolo da análise de conteúdo. Como conclusão, sugere-se haver evidências do uso de GI em dinâmicas de grupo, não somente por parte dos candidatos, como também por parte das empresas contratantes. Há indícios de que a dinâmica pode ser percebida como processo injusto, que favorece candidatos mais afeitos a comportamentos teatralizados.

Biografia do Autor

Rodrigo Telles Pires Hallak, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro

Mestrando em Administração pelo Instituto de Administração e Gerência (IAG) da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Bacharel em Administração pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

José Luis Felicio Carvalho, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Professor Adjunto III da Faculdade de Administração e Ciências Contábeis (FACC) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Doutor e Mestre em Administração pelo Instituto de Administração e Gerência (IAG) da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Bacharel em Administração pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Downloads

Publicado

2011-04-18

Edição

Seção

Artigos