Capacitação gerencial nas incubadoras de base tecnológica: proposição de um modelo matricial de avaliação

Autores

  • Wescley Silva Xavier Universidade Federal de Minas Gerais
  • Guilherme Silveira Martins Universidade Federal de Minas Gerais
  • Afonso Augusto Teixeira de Freitas de Carvalho Lima Universidade Federal de Viçosa

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8077.2011v13n29p88

Resumo

Este trabalho tem como objetivo a proposição de uma ferramenta de avaliação de programas de capacitação gerencial de Incubadoras de Empresas. Tal ferramenta foi desenvolvida a partir de um estudo em 14 Incubadoras e 115 empreendimentos nascentes de base tecnológica. A avaliação é realizada nas tradicionais áreas funcionais da Administração (i.e. Marketing, Recursos Humanos, Finanças e Operações) em duas dimensões: (a) uma compara o domínio que o empresário julga possuir dos fundamentos de cada disciplina da Administração e a importância que esses fundamentos têm para o seu negócio; (b) a outra dimensão compara essa importância atribuída pelo empresário com o quanto o fundamento foi contemplado no programa de capacitação gerencial oferecido pela incubadora. Com isso, é possível avaliar, respectivamente, as lacunas de conhecimento que os empresários julgam possuir e quais pontos podem ser mais bem explorados pela incubadora nos treinamentos gerenciais. O estudo de campo revelou que os fundamentos de Marketing e Finanças são vistoscomo mais importantes pelos empresários e mais contemplados nos programas de capacitação. Ademais, verificou-se a existência de lacunas entre importância atribuída pelos empresários e a efetividade da incubadora em alguns elementos, o que sugere a necessidade de reavaliar os programas de capacitação gerencial.

Downloads

Publicado

2011-01-01

Edição

Seção

Artigos