Trabalho voluntário: motivos para sua realização

Washigton José de Souza, Jássio Pereira de Medeiros

Resumo


Numa economia de mercado com problemas estruturais, o setor social torna-se alternativa de resposta à dinâmica da acumulação do capital. Fundado no entendimento de que a decisão espontânea para o exercício do trabalho voluntário envolve motivos diversos, o presente texto objetiva desenvolver uma tipologia para essa atividade. O trabalho voluntário congrega categorias de motivos altruístas, de interesse próprio e de sociabilidade, mediados por ideais religiosos, afetivos/aflitivos, resultantes de sentimentos de culpa ou de obrigação para com o outro, ou, ainda, de sentimentos de responsabilidade. Não obstante a esse componente político-ideológico, o trabalho voluntário ganha espaço no meio social e, por essa razão, cabe aos estudiosos da Gestão Social, a tarefa de compreender e sistematizar conteúdos. Esses conteúdos estariam associados a valores como abnegação, dedicação, amizade, aprendizagem e ambição.


Palavras-chave


Trabalho Voluntário; Gestão Social; Voluntariado Empresarial; Terceiro Setor

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8077.2012v14n33p93

Revista de Ciências da Administração, Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Administração, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Para entrar em contato com a equipe editorial da Revista RCA, encaminhe um e-mail para rca.cse@contato.ufsc.br

ISSNe 2175-8077    ISSN 1516-3865

Licença Creative Commons
This obra is licensed under a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.