Ensinando estudantes de empreendedorismo a praticar inovação: uma abordagem baseada na experiência guiada no cérebro

Ronald Jean Degen

Resumo


Este artigo apresenta um novo método para ensinar estudantes de empreendedorismo a praticar inovação e criar oportunidades de negócios de alto-impacto.  O método de ensino é baseado no modelo de aprendizado através da experiência desenvolvido por Caine et al. (2009) para desenvolver as funções executivas no cérebro dos aprendizes, e na estrutura de inovação introduzida por Verganti (2009).  A perspectiva cognitiva da criatividade, como explicada por Weisberg (2006), é usada para mostrar como a pratica da inovação pode ser apreendida.  O modelo usado para o processo criativo está baseado na pesquisa de Wallas (1926), e em recentes descobertas neurológicas sobre os caminhos deliberados e espontâneos para criatividade (Carson, 2010).  O conceito do processo effectual (Sarasvathy, 2008) prove uma abordagem para a validação das ideias de inovações radicais dos estudantes.

Palavras-chave


Ensinando empreendedorismo; pratica da inovação; processo criat; vo

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8077.2013v15n37p92

Revista de Ciências da Administração, Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Administração, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Para entrar em contato com a equipe editorial da Revista RCA, encaminhe um e-mail para rca.cse@contato.ufsc.br

ISSNe 2175-8077    ISSN 1516-3865

Licença Creative Commons
This obra is licensed under a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.