Análise do desempenho econômico-financeiro de empresas brasileiras que realizaram operações de fusões e de aquisições

Autores

  • Emanoel Truta do Bomfim Universidade Federal da Paraíba - UFPB
  • Aldo Leonardo Cunha Callado Universidade Federal da Paraíba - UFPB

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8077.2016v18n45p79

Resumo

O objetivo principal desta pesquisa é identificar os efeitos provocados pelas fusões e aquisições no desempenho econômico-financeiro de empresas brasileiras de capital aberto que realizaram essas operações entre 2008 e 2012. Para testar a relação entre o desempenho econômico-financeiro das companhias após as fusões e as aquisições (F&As), utilizou-se a técnica de dados em painel na forma dinâmica, sendo os modelos estimados pelo Método dos Momentos Generalizados-Sistema. As evidências indicam que o desempenho das companhias foi persistente após as operações, produziram ganhos de desempenho e aumento no poder de mercado, pelas sinergias geradas pelo aumento no tamanho das companhias; além disso, ainda, o crescimento interno produziu um maior retorno se comparado ao crescimento por F&A; e as operações financiadas por mais de uma modalidade de recursos reduziram o desempenho das empresas no período analisado. Portanto, observa-se que as F&As são estratégias que podem gerar aumento na lucratividade das empresas após sua realização.

Biografia do Autor

Emanoel Truta do Bomfim, Universidade Federal da Paraíba - UFPB

Mestre em Ciências Contábeis pela UnB/UFPB/UFRN. Professor da Faculdade de Campina Grande/PB - UNESC.

Aldo Leonardo Cunha Callado, Universidade Federal da Paraíba - UFPB

Doutor em Agronegócios pelo Programa de Pós-Graduação em Agronegócios – UFRGS. Professor Titular do Departamento de Contabilidade e Finanças da Universidade Federal da Paraíba.

Downloads

Publicado

2016-08-01

Edição

Seção

Artigos