Empreendedorismo religioso: quando Weber se associa a Granovetter

Victor Silva Corrêa, Glaucia Maria Vasconcellos Vale, Marina Almeida Cruz

Resumo


O fenômeno religioso no Brasil vem atraindo crescente atenção da academia, impulsionado, em grande parte, pela expansão das seitas protestantes no país, sobretudo de vertente pentecostal. Na esteira dessa transformação, um tema, em particular, reveste-se de especial importância. Trata-se do papel dos chamados empreendedores religiosos aqui compreendidos como os novos pastores evangélicos. No entanto, tais atores não vêm sendo muito estudados. O presente trabalho busca preencher essa lacuna. Recorre-se, para isso, às contribuições teóricas clássicas derivadas de Weber, em associação às contribuições contemporâneas originárias de Granovetter, em particular, sobre acoplamento e desacoplamento. Conclui-se o trabalho propondo um novo referencial para a análise de certas dimensões do empreendedorismo religioso.


Palavras-chave


acoplamento; Desacoplamento; Redes Sociais; Empreendedor; Religião

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8077.2016v18n46p37

Revista de Ciências da Administração, Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Administração, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Para entrar em contato com a equipe editorial da Revista RCA, encaminhe um e-mail para rca.cse@contato.ufsc.br

ISSNe 2175-8077    ISSN 1516-3865

Licença Creative Commons
This obra is licensed under a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.