Patogenicidade de Isaria fumosorosea sobre o ácaro vermelho europeu em laboratório

Cláudia Andréia Gräff, Liana Johann, Cláucia Fernanda Volken de Souza, Noeli Juarez Ferla

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2017v30n1p73

A vitivinicultura no estado do Rio Grande do Sul tem sofrido infestações significativas de ácaros praga, destacando-se recentemente Panonychus ulmi (Koch). Há relatos sobre a capacidade de controle de ácaros fitófagos com Isaria fumosorosea. O objetivo deste trabalho foi avaliar em laboratório a ação patogênica de I. fumosorosea sobre o ácaro P. ulmi. As criações de P. ulmi foram estabelecidas a partir de coleta realizadas em videiras da Serra Gaúcha. Sobre os ovos de P. ulmi, as aplicações de suspensões de esporos foram feitas em diferentes concentrações. As triplicatas das fêmeas de 12 a 15 dias foram tratadas com suspensão a 108 esporos x mL-1. As testemunhas foram tratadas com água destilada. Após sete dias da aplicação, observaram-se 55,6% de ovos não eclodidos tratados com suspensão 106 esporos x mL-1 e com fêmeas tratadas obteve-se uma mortalidade total entre 85-90% e mortalidade confirmada entre 50-55%. A mortalidade máxima dos controles no tratamento dos ovos e das fêmeas foi, em média, de 12,8 e 15,5%, respectivamente. Conclui-se que o isolado I. fumosorosea possui habilidade para infectar ovos e fêmeas adultas de P. ulmi e portanto mostra-se como uma alternativa viável para ser experimentada no campo.


Palavras-chave


Fungos entomopatogênicos; Panonychus ulmi; Serra Gaúcha; Vitivinicultura; Vitis vinifera

Texto completo:

PDF/A (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2017v30n1p73

Direitos autorais 2017 Cláudia Andréia Gräff, Liana Johann, Cláucia Fernanda Volken de Souza, Noeli Juarez Ferla

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.