Região predita de um promotor de genes induzíveis por paraquat da bactéria Chromobacterium violaceum sofre indução heteróloga pelo composto plumbagin

Jane Eyre Gabriel, Emanuel Maltempi de Souza, Francisco Allan Leandro de Carvalho, Humberto Maciel França Madeira

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2017v30n2p1

O objetivo deste estudo foi avaliar funcionalmente a influência do composto plumbagin sobre a indução heteróloga de uma região promotora predita de genes paraquat-induzíveis revelada durante as análises de anotação do genoma da bactéria Chromobacterium violaceum. A região promotora de interesse de C. violaceum foi amplificada a partir de sequências oligonucleotídicas específicas e clonada em vetor conjugativo, sendo acoplada à região codificante do gene lacZ de Escherichia coli. Em seguida, a indução heteróloga desse segmento regulatório foi estimada em cepa de E. coli na presença do plumbagin em uma concentração final de 50 µg/mL por mensurações dos níveis de expressão da enzima β-galactosidase. Diferenças significativas nos níveis da β-galactosidase foram observadas como resultado da ativação da região promotora de interesse pelo plumbagin na concentração testada em comparação às condições controle. Por outro lado, nenhum crescimento da cepa selvagem de C. violaceum foi observado durante a incubação dessas células em meio nutritivo contendo diferentes concentrações do plumbagin. As descobertas descritas aqui sugerem que uma região promotora predita para genes paraquat-induzíveis da bactéria C. violaceum sofra indução heteróloga pelo plumbagin, reforçando evidências acerca da caracterização funcional de motivos regulatórios intrínsecos a essa bactéria.


Palavras-chave


Agente oxidante; Expressão heteróloga; Genoma funcional

Texto completo:

PDF/A (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2017v30n2p1

Direitos autorais 2017 Jane Eyre Gabriel, Emanuel Maltempi de Souza, Francisco Allan Leandro de Carvalho, Humberto Maciel França Madeira

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.