“Velhas Estradas: Caminho Novo” - Acompanhamento Terapêutico No Contexto Da Reforma Psiquiátrica

Conteúdo do artigo principal

Fernando Brandalise
Gabriela Lyra Rosa

Resumo

No Brasil, a partir da década de oitenta, há uma transformação do modelo de atenção à saúde mental, historicamente centrado no hospital psiquiátrico. Este modelo arcaico, outrora hegemônico, provoca a desassistência, a segregação, a cronificação do sofrimento, o abandono e a morte de milhares de pessoas. Naquele período, frente às diversas críticas de fundamentação técnica, econômica, social e política, ao modelo tradicional hospitalocêntrico, foi aprovada em 6 de abril de 2001 a Lei Federal n 10.216, que ficou conhecida como Lei „Paulo Delgado?. Esta dispõe sobre a proteção e os direitos das pessoas portadoras de transtornos mentais e redireciona legalmente o modelo assistencial em saúde mental.

Detalhes do artigo

Como Citar
BRANDALISE, Fernando; ROSA, Gabriela Lyra. “Velhas Estradas: Caminho Novo” - Acompanhamento Terapêutico No Contexto Da Reforma Psiquiátrica. Cadernos Brasileiros de Saúde Mental/Brazilian Journal of Mental Health, [S. l.], v. 1, n. 1, p. 77–88, 2011. DOI: 10.5007/cbsm.v1i1.68429. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/cbsm/article/view/68429. Acesso em: 23 jun. 2024.
Seção
Artigos originais