Saúde mental e medicalização da criminalidade no Brasil: trajetórias recentes

Conteúdo do artigo principal

Myriam Mitjavila
Priscilla Gomes Mathes

Resumo

O artigo tem o propósito de analisar aspectos socioculturais dos discursos da psiquiatria que vinculam a saúde mental e a criminalidade no momento contemporâneo, a partir da análise de uma amostra de  materiais bibliográficos, eletrônicos e documentais referente à produção científico-técnica da psiquiatria em torno do tema. Identificam-se a forte presença de elementos ideológicos e doutrinários na elaboração de laudos psiquiátricos sobre responsabilidade e periculosidade criminais, o papel da reatualização de traços seculares do saber psiquiátrico e a emergência de novas modalidades discursivas pautadas na utilização de instrumentos padronizados para a realização das pericias forenses.

Detalhes do artigo

Como Citar
MITJAVILA, Myriam; MATHES, Priscilla Gomes. Saúde mental e medicalização da criminalidade no Brasil: trajetórias recentes. Cadernos Brasileiros de Saúde Mental/Brazilian Journal of Mental Health, [S. l.], v. 4, n. 10, p. 1–11, 2013. DOI: 10.5007/cbsm.v4i10.68751. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/cbsm/article/view/68751. Acesso em: 22 jul. 2024.
Seção
Artigos originais