Saúde mental e medicalização da criminalidade no Brasil: trajetórias recentes

Myriam Mitjavila, Priscilla Gomes Mathes

Resumo


O artigo tem o propósito de analisar aspectos socioculturais dos discursos da psiquiatria que vinculam a saúde mental e a criminalidade no momento contemporâneo, a partir da análise de uma amostra de  materiais bibliográficos, eletrônicos e documentais referente à produção científico-técnica da psiquiatria em torno do tema. Identificam-se a forte presença de elementos ideológicos e doutrinários na elaboração de laudos psiquiátricos sobre responsabilidade e periculosidade criminais, o papel da reatualização de traços seculares do saber psiquiátrico e a emergência de novas modalidades discursivas pautadas na utilização de instrumentos padronizados para a realização das pericias forenses.


Palavras-chave


Saúde mental; Periculosidade Criminal; Psiquiatria Forense.

Texto completo:

PDF-A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Cadernos Brasileiros de Saúde Mental, ISSN 2595-2420, Florianópolis - Santa Catarina, Brasil. Todos os direitos reservados, 2020.