Percepção acerca da qualidade e utilidade do relatório de avaliação do ENADE: um estudo na área de negócios

Sheizi Calheira de Freitas, Ismael Barbosa, Juliana Abadia Galvão, Gilberto José Miranda

Resumo


Este artigo teve por objetivo conhecer a percepção que coordenadores dos cursos de Administração e Ciências Contábeis têm sobre a utilidade e qualidade do Relatório de Curso do ENADE e de que forma tais compreensões relacionam-se com o desempenho dos cursos na avaliação. Com uma amostra de 101 cursos, utilizou-se, para análise dos dados, a Análise Fatorial Exploratória e a Análise de Regressão Linear Múltipla. A Análise Fatorial gerou dois fatores: um é resultante da percepção positiva; e outro, resultante da percepção crítica acerca da utilidade e qualidade do Relatório de Curso do ENADE. Por sua vez, os resultados das regressões sugerem que cursos cujos gestores revelaram uma visão positiva acerca da qualidade e utilidade do Relatório de Curso obtiveram notas mais altas na avaliação. Depreende-se que a percepção favorável sobre o relatório de avaliação pode fomentar o seu uso, munindo os gestores de informações que os auxilie na gestão dos cursos.


Palavras-chave


Avaliação; ENADE; Administração; Ciências contábeis

Texto completo:

PDF/A

Referências


ALKIN, M. C. Evaluation essentials: from A to Z. NewYork: The Guilford Press, 2010.

ANDRADE, E. C. Rankings em Educação: Tipos, Problemas, Informações e Mudanças: Análise dos Principais Rankings Oficiais Brasileiros. Estudos Econômicos, São Paulo - SP, v. 41, n. 2, p. 323-343, 2011.

BARBOSA, G. C. Análise da associação entre os indicadores de gestão das Universidades Federais e o desempenho discente no ENADE. 2011. 117 f. Dissertação (Mestrado) - Programa Multi-Institucional e Inter-Regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis da Universidade de Brasília, Universidade Federal da Paraíba e Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Faculdade de Economia, Administração e Ciências Contábeis e Atuariais, Universidade de Brasília, Brasília, 2011.

BEZERRA, F. A.; CORRAR, L. J. Utilização da Análise Fatorial na Identificação dos Principais Indicadores para Avaliação do Desempenho Financeiro: Uma Aplicação nas Empresas de Seguros. Revista Contabilidade & Finanças, n. 42, p. 50-62, 2006.

BRASIL. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – INEP. Manual do ENADE 2014. Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2014. Disponível em: . Acesso em: 27 mar. 2015.

BRASIL. Casa Civil. Lei n. 10.861, de 14 de abril de 2004. Institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – SINAES e dá outras providências. Brasília, 2004.

COUSINS, J. B.; LEITHWOOD, K. A. Current Emprirical Research on Evaluation Utilization. Review of Educational Research, v. 56, n. 3, p. 331-364, 1986.

DAWSON, J. A.; D’AMICO, J. J. Involving Program Staff in Evaluation Studies: A Strategy for Increasing Information Use and Enriching the Data Base. Evaluation Review, n. 9, v. 2, p. 173-188, 1985.

FARIA, A. D. F. et al. O Grau de satisfação dos Alunos do Curso de Ciências Contábeis: busca e sustentação da vantagem competitiva de uma IES privada. Enfoque: reflexão

contábil, v. 25, n. 1, p. 25-36, 2006.

FÁVERO, L. P.; BELFIORE, P.; SILVA, F. L.; CHAN, B. L. Análise de Dados: Modelagem Multivariada para a Tomada de Decisões. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009.

FERREIRA, M. A. Determinantes do desempenho discente no ENADE em cursos de Ciências Contábeis. Uberlândia: UFU, 2015. 123 p. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, Faculdade de Ciências Contábeis, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2015.

FIGUEIREDO FILHO, D.; NUNES, F.; ROCHA, E. C.; SANTOS, M. L.; BATISTA, M.; SILVA JÚNIOR, J. A. O que Fazer e o que Não Fazer com a Regressão: Pressupostos e Aplicações do Modelo Linear de Mínimos Quadrados Ordinários (MQO), Revista Política Hoje, v. 20, n. 1, 2011.

GREENE, J. C. Communication of Results and Utilization in Participatory Program Evaluation. Evaluation and Program Planning, v. 11, n. 4, p. 341-351, 1988.

HAIR JR., J. F.; ANDERSON, R. E.; TATHAM, R. L.; BLACK, W. C. Análise Multivariada de Dados. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.

INEP. INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA. Sinaes. Disponível em . Acesso em: 12 abr. 2015

INEP. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Manual do Enade 2014. Brasília: Inep, 2014.

MIRANDA, G. J. Relações entre as qualificações do professor e o desempenho discente nos cursos de graduação em contabilidade no Brasil. 2011. Tese (Doutorado em Controladoria e Contabilidade: Contabilidade) - Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.

MOREIRA, A. M. A. Fatores institucionais e desempenho acadêmico no Enade: Um estudo sobre os cursos de biologia, engenharia civil, história e pedagogia. Brasília: UNB, 2010, 251 p. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Educação, Universidade de Brasília, Brasília, 2010.

PATTON, M. Q. Utilization-focused evaluation. 4. ed. Thousand Oaks, CA: Sage, 2008.

PECK, L. R.; GORZALSKI, L. M. An evaluation use framework and empirical assessment.Journal of MultiDisciplinary Evaluation, v. 6, n. 12, p. 139-156, 2009.

POLIDORI, MARINHO-ARAÚJO, C. M. M.; BARREYRO, G. B. SINAES: Perspectivas e

Desafios na Avaliação da Educação Brasileira. Ensaio: avaliação das políticas públicas educacionais, v. 14, n. 53, p. 425-436, out./dez. 2006.

PRESKILL, H.; CARACELLI, V. Current and developing conceptions of use: Evaluation use tig survey results. Evaluation Practice, v. 18, n. 3, p. 209-225, 1997.

REIS, C. B. O uso dos resultados do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes nos cursos de Física da Universidade de Brasília e da Universidade Católica de Brasília. 2009. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de Brasília, Brasília, 2009.

RODRIGUES, V. A.; PEIXOTO, M. C. L. Desvendando a caixa preta do ENADE: considerações sobre o processo de avaliação. Trabalho & Educação, v. 18, n. 2, p. 47-61, 2009.

SANTANA, A. L. A. O perfil do professor de Ciências Contábeis e seu reflexo no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes - um estudo nas universidades federais do Brasil. 2009. Dissertação (Mestrado em Controladoria e Contabilidade) - Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2009.

SANTOS, Antônio Raimundo dos. Metodologia científica: a construção do conhecimento. Rio de Janeiro: DP & A, 1999.

SANTOS, N. A. Determinantes do desempenho acadêmico dos alunos dos cursos de Ciências Contábeis. São Paulo: USP, 2012, 248 p. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-Graduação em Controladoria e Contabilidade, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012.

SANTOS, N. A.; CUNHA, J. V. A.; CORNACHIONE Jr., E. B. Análise do desempenho dos cursos de ciências contábeis do estado de Minas Gerais no Enade/2006. 3º International Accounting Congress – IAAER & ANPCONT, São Paulo/SP. Anais... São Paulo: ANPCONT, 2009.

SILVA, M. C. R. A validade do ENADE para avaliação da qualidade dos cursos: Modelo de rasch e multinível. Itatiba: Universidade São Francisco, 2011, 204 p. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Universidade São Francisco, Itatiba, São Paulo, 2011.

SOUZA, S. S. Enade 2006: Determinantes do Desempenho dos Cursos de Ciências Contábeis. Brasília: UNB, 2008. 96 p. Tese (Doutorado) – Programa Multi-Institucional e Inter-Regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis da UnB, UFPB e UFRN. Universidade de Brasília, Brasília, 2008.

SOUZA, S. Z. L.; OLIVEIRA, R. P. Políticas de avaliação da educação e quase mercado no Brasil. Educação & Sociedade, v. 24, n.84, p. 873-895, 2003.

VERHINE, R. E.; DANTAS, L. M. V.; SOARES, J. F. Do Provão ao ENADE: Uma análise comparativa dos exames nacionais utilizados no ensino superior Brasileiro. Ensaio: Avaliação Políticas Públicas Educacionais, v. 14, n. 52, p. 291-310, 2006.

VIANNA, H. M. Fundamentos de um programa de avaliação educacional. Meta: Avaliação, v. 1, n. 1, p. 11-27, 2009.

WEISS, C. H. Evaluation for decisions: Is anybody there? Does anybody care? Evaluation Practice, v. 9, n. 1, p. 5-19, 1988.

WHOLEY, J. S. Using Evaluation to Improve Program Performance. In H. E. Freeman, Solomon, M. A. (Ed.), Evaluation studies review annual (v. 6, p. 55-69). Beverly Hills, CA: Sage, 1981.

WORTHEN, Blaine R.; SANDER. James R.; FITZPATRICK, J. L. Avaliação de programas: concepções e práticas. São Paulo: EDUSP, 2004.




DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8069.2015v12n27p117



Locations of visitors to this page

Revista Contemporânea de Contabilidade, Florianópolis, Brasil. ISSN (impresso)1807-1821 - ISSN (eletrônico) 2175-8069