Características epistemológicas de publicações científicas em Contabilidade: evidências de um cenário produtivista

Autores

  • Flaviano Costa Professor Assistente da Universidade Federal do Paraná. Doutor em Contabilidade e Controladoria pela FEA/USP.
  • Gilberto de Andrade Martins Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8069.2016v13n29p33

Palavras-chave:

Contabilidade – Ensino e pesquisa, Produção científica, Análise epistemológica

Resumo

O objetivo desta investigação foi levantar e analisar as características epistemológicas em publicações científicas que sinalizam um cenário de produtivismo acadêmico no campo científico contábil, com base na análise de artigos de um periódico considerado de alta qualidade na classificação do Sistema Qualis da CAPES. Trata-se de um estudo documental, com uma amostra de 43 artigos. Os dados foram analisados com emprego de análise de conteúdo. As análises epistemológicas evidenciaram uma preferência por temáticas envolvendo a Contabilidade para usuários externos e mercado de capitais, privilegiando a utilização de dados secundários, por meio de pesquisas documentais. Constatou-se a presença unânime de estudos positivistas e a utilização de modelos econométricos para explicar a realidade observada sem teoria para embasar esses modelos. Por conseguinte, concluiu-se que o campo científico contábil permanece sem modificações teóricas devido ao produtivismo que motivou a criação de uma espécie de “formato ideal” legitimado, institucionalizado e difícil de modificar.

 

Biografia do Autor

Flaviano Costa, Professor Assistente da Universidade Federal do Paraná. Doutor em Contabilidade e Controladoria pela FEA/USP.

Professor Assistente da Universidade Federal do Paraná.
Doutorando em Contabilidade e Controladoria pela FEA/USP. Mestre em Contabilidade pela UFPR.

Gilberto de Andrade Martins, Universidade de São Paulo

Livre Docente da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo.

Referências

ALBERT, Tim. Write a scientific paper - the easy way. New Zealand Journal of Medical Laboratory Science, v. 56, n. 1, p. 6-8, 2002.

ALCADIPANI, Rafael. Resistir ao produtivismo: uma ode à perturbação acadêmica. Caderno EBAPE.BR, v. 9, n. 4, opinião 3, p. 1174-1178, 2011.

ANDRADE, Jesusmar Ximenes. Má conduta na pesquisa em Ciências Contábeis. 2011. 125 f. Tese (Doutorado em Controladoria e Contabilidade) – Curso de Pós-Graduação em Controladoria e Contabilidade, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.

ASSIS, Jesus de Paula. Kuhn e as ciências sociais. Estudos Avançados, v. 7, n. 19, p. 133-164, 1993.

BACHELARD, Gaston. A formação do espírito científico. Rio de Janeiro: Contraponto, 1996.

BAGGS, Judith Gedney. Issues and rules for authors concerning authorship versus acknowledgements, dual publication, self-plagiarism and salami publishing [Editorial]. Research in Nursing & Health, v. 31, p. 295-297, 2008.

BALL, Ray; BROWN, Philip R. An empirical evaluation of accounting income numbers. Journal of Accounting Research, v. 6, n. 2, p. 159-178, 1968.

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. 4. ed. Lisboa: Edições 70, 2009.

BEAVER, William H. The information content of earnings announcements. Empirical research in accounting: selected studies 1968. Journal of Accounting Research, v. 6, p. 67-92, 1968.

BIANCHI, Alvaro. Avaliação acadêmica: muito além do jardim. Blog Convergência. Disponível em: <http://blogconvergencia.org/blogconvergencia/?p= 1915>. Acesso em: 19. mar. 2014.

BOURDIEU, Pierre. Homo Academicus. 2. ed. Florianópolis: Editora UFSC, 2013.

BROOME, Marion E. Self-plagiarism: Oxymoron, fair use, or scientific misconduct? [Editorial]. Nursing Outlook, v. 52, n. 6, p. 273-274, 2004.

BRUYNE, Paul de; HERMAN, Jacques; SCHOUTHEETE, Marc de. Dinâmica da pesquisa em ciências sociais: os polos da prática metodológica. 5. ed. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1991.

BURCHELL, Stuart; CLUBB, Colin; HOPWOOD, Anthony G. Accounting in its social context: towards a history of value added in the United Kingdom. Accounting, Organizations and Society, v. 10, n. 4, p. 381-413, 1985.

CAMÍ, Jordi. Impactolatría: diagnóstico y tratamiento. Medicina Clínica, v. 109, n. 13, p. 515-524, 1997.

CAPES. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Disponível em: http://www.capes.gov.br/. Acesso em: 9.6.2016.

CASTIEL, Luis David; SANZ-VALERO, Javier. Entre fetichismo e sobrevivência: o artigo científico é uma mercadoria acadêmica? Caderno de Saúde Pública, v. 23, n. 12, p. 3041-3050, 2007.

CHOW, Chee W.; HARRISON, Paul D. Factors contributing to success in research and publications: insights of 'influential' accounting authors. Journal of Accounting Education, v. 16, p. 463-472, 1998.

CHOW, Chee W.; HARRISON, Paul D. Identifying meaningful and significant topics for research and publication: a sharing of experiences and insights by 'influential' accounting authors. Journal of Accounting Education, v. 20, p. 183-203, 2002.

COLLINS, Harry M. Sociology of Scientific Knowledge. In: SMELSER, Neil J.; BALTES, Paul B. [organizadores]. International Encyclopedia of the Social & Behavioral Sciences (pp. 13741-13746). Elsevier, 2001

COSTA, Flaviano. A presença do homo academicus na contabilidade: um olhar bourdieusiano sobre o contexto social do desenvolvimento da produção científica contábil brasileira. 2016. 161 f. Tese (Doutorado em Controladoria e Contabilidade) – Curso de Pós-Graduação em Controladoria e Contabilidade, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016.

DEMO, Pedro. Metodologia Científica em Ciências Sociais. 3. ed. São Paulo: Atlas, 1995.

DEMO, Pedro. Ciência Rebelde: para continuar aprendendo cumpre desestruturar-se. São Paulo: Atlas, 2012.

DOMINGUES, Ivan. O sistema de comunicação da ciência e o taylorismo acadêmico: questionamentos e alternativas. Estudos Avançados, v. 28, n. 81, p. 225-250, 2014.

FARIAS, Manoel Raimundo Santana. Desenvolvimento científico da contabilidade: uma análise baseada na epistemologia realista da ciência. 2012. 222 f. Tese (Doutorado em Controladoria e Contabilidade) – Curso de Pós-Graduação em Controladoria e

Contabilidade, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012.

FELIU, Vicente M. R.; PALANCA, Mercedes B. Desenvolvimento científico da contabilidade de gestão. Revista de Administração, 35(1), 98-106, 2000.

FEYERABEND, Paul. Contra o método. São Paulo: Editora UNESP, 2007.

GUARIDO FILHO, Edson Ronaldo. A Construção da Teoria Institucional nos Estudos Organizacionais no Brasil: O Período 1993-2007. 2008. 299 f. Tese (Doutorado em Administração) – Curso de Pós-Graduação em Administração, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2008.

HARZING, Anne-Wil. Australian Research Output in Economics & Business: high volume, low impact? The Australian Journal of Management, v. 30, n. 2, p. 183-200, 2005.

HENDRIKSEN, Eldon S.; VAN BREDA, Michael F. Teoria da Contabilidade. São Paulo: Atlas, 2007.

HOPWOOD, Anthony G. Editorial. Accounting, Organizations and Society, v. 1, n. 1, p. 1-4, 1976.

HOPWOOD, Anthony G. Editorial. Accounting, Organizations and Society, v. 2, n. 4, p. 277-278, 1977.

IUDÍCIBUS, Sérgio de. Teoria da Contabilidade. 8. ed. São Paulo: Atlas, 2006.

JAPIASSU, Hilton. Introdução ao Pensamento Epistemológico. 2. ed. Rio de Janeiro: Francisco Alves Editora, 1977.

KERLINGER, Fred N. Metodologia da Pesquisa em Ciências Sociais: um tratamento conceitual. São Paulo: EPU/EDUSP, 1991.

KROPF, Simone Petraglia; LIMA, Nísia Trindade. Os valores e a prática institucional da ciência: as concepções de Robert Merton e Thomas Kuhn. História, Ciências, Saúde-Manguinhos, v. 5, n. 3, p. 565-581, 1999.

KUHN, Thomas S. Estrutura das revoluções científicas. 12. ed. São Paulo: Perspectiva, 2013.

LITTLETON, Ananias Charles. Accounting Evolution to 1900. New York: American Institute Publishing Company, 1933.

LOPES, Alexsandro Broedel; MARTINS, Eliseu. Teoria da Contabilidade: Uma Nova Abordagem. São Paulo: Atlas, 2005.

LOWE, Nancy K. Publication ethics: copyright and self-plagiarism [Editorial]. Journal of Obstetric, Gynecologic and Neonatal Nursing, v. 32, n. 2, p. 145-146, 2003.

LUKKA, Kari. The roles and effects of paradigms in accounting research. Management Accounting Research, v. 21, p. 110-115, 2010.

MACHADO-DA-SILVA, Clóvis Luiz; GUARIDO FILHO, Edson Ronaldo; ROSSONI, Luciano; GRAEFF, Julia Furlanetto. Periódicos brasileiros de administração: análise bibliométrica de impacto no triênio 2005-2007. RAC-Eletrônica, v. 2, n. 3, p. 351-373,

MARTINS, Eliseu. Pensata: Inversão de papéis. Revista Contabilidade & Finanças, v. 25, n. 65, p. 105-107, 2014.

MARTINS, Gilberto de Andrade. Avaliação das avaliações de textos científicos sobre contabilidade e controladoria. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade, v. 1, n. 1, p. 1-13, 2007.

MARTINS, Gilberto de Andrade; THEÓPHILO, Carlos Renato. Produção Científica em Contabilidade no Brasil: Dez “Pecados” mais Frequentes. In: LOPES, Jorge; RIBEIRO

FILHO, José Francisco; PEDERNEIRAS, Marcleide. [Organizadores]. Educação Contábil: Tópicos de Ensino e Pesquisa (p. 1-14). São Paulo: Atlas, 2008.

MARTINS, Gilberto de Andrade; THEÓPHILO, Carlos Renato. Metodologia da

Investigação Científica para Ciências Sociais Aplicadas. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

McKNEALLY, Martin. Put my name in that paper: Reflections on the ethics of authorship [Editorial]. The Journal of Thoracic and Cardiovascular Surgery, v. 131, n. 3, p. 517-519, 2006.

MOIZER, Peter. Publishing in accounting journals: A fair game? Accounting, Organizations and Society, v. 34, n. 2, p. 285-304, 2009.

MORIN, Edgard. Ciência com Consciência. 14. ed. Rio de Janeiro: Bertrand do Brasil, 2010.

MOSER, Donald V. Is Accounting Research Stagnant? Accounting Horizons, v. 26, n. 4, p. 845-850, 2012.

MOST, Kim S. Accounting Theory. 2. ed. Columbus, Ohio: Grid Publishing, Inc, 1982.

PARKER, Lee D.; GUTHRIE, James; LINACRE, Simon. Editorial: The relationship between academic accounting research and professional practice. Accounting, Auditing & Accountability Journal, v. 24, n. 1, p. 5-14, 2011.

POPPER, Karl. A lógica da pesquisa científica. São Paulo: Edusp, 1975.

REINACH, Fernando. Darwin e a prática da 'Salami Science'. O Estado de São Paulo. Disponível em: <http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,darwin-e-a-pratica-da-salamiscience, 1026037,0.htm>. Acesso em: 5 fev. 2014.

RIGHETTI, Sabine. Brasil cresce em produção científica, mas índice de qualidade cai. Folha de São Paulo. Disponível em: <http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/ 2013/04/1266521-brasil-cresce-em-producao-cientifica-mas-indice-de-qualidade-

cai.shtml>. Acesso em: 5 fev. 2014.

ROSELLA, Maria Helena; PETRUCCI, Valéria Bezarra C.; PELEIAS, Ivam Ricardo;

HOFER, Elza. O ensino superior no Brasil e o ensino da contabilidade. In: PELEIAS, Ivam Ricardo [coordenador]. Didática do ensino da contabilidade – aplicável a outros cursos superiores. São Paulo: Saraiva, 2006.

RYAN, Bob; SCAPENS, Robert W.; THEOBALD, Michael. Research Method & Methodology in Finance & Accounting. 2. ed. Singapure: South-Western Cengage Learning, 2002.

SAGAN, Carl. O Mundo Assombrado pelos Demônios: A ciência vista como uma vela no escuro. São Paulo: Companhia das Letras, 1997.

SAMUELSON, Pamela. Self-plagiarism or fair use? Communications of the ACM, v. 37, n. 8, p. 21-25, 1994.

SCHEKMAN, Randy. How journals like Nature, Cell and Science are damaging science. The Guardian. Disponível em: <http://www.theguardian.com/commentisfree/2013 /dec/09/how-journals-nature-science-cell-damage-science>. Acesso em: 10 mar. 2014.

THEÓPHILO, Carlos Renato. Uma Abordagem Epistemológica da Pesquisa em Contabilidade. 2000. 131 f. Dissertação (Mestrado em Controladoria e Contabilidade) – Curso de Pós-Graduação em Controladoria e Contabilidade, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000.

THEÓPHILO, Carlos Renato. Pesquisa em Contabilidade no Brasil: Uma Análise Crítico-Epistemológica. 2004. 212 f. Tese (Doutorado em Controladoria e Contabilidade) – Curso de Pós-Graduação em Controladoria e Contabilidade, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.

THOMAZ, Petrônio G.; MURAMOTO, Giovana. Avaliação da qualidade da produção científica brasileira: Devemos criar uma política de cotas? [Carta ao Editor]. Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões, v. 39, n. 2, p. 168-170, 2012.

TILT, C. A. The impact of academic accounting research on professional practice. In: EVANS, Elaine; BURRITT, Roger; GUTHRIE, James. [Eds]. Accounting education at a crossroad 2010. (pp. 35-40). Institute of Chartered Accountants in Australia, 2010.

VERHAEGHE, Jean-Claude; WOLFS, José Luis; SIMON, Xavier; COMPÈRE, Dominique. Praticar a Epistemologia: um manual de iniciação para professores e formadores. São Paulo: Edições Loyola, 2010.

WATERS, Lindsay. Inimigos da esperança: publicar, perecer e o eclipse da erudição. São Paulo: Editora da UNESP, 2006.

WATTS, Ross; ZIMMERMAN, Jerold. Positive accounting theory. Englewood Cliffs: Prentice Hall, 1986.

WOOD Jr., Thomaz. A favor da sociedade: As instituições de ensino e pesquisa deveriam orientar mais explicitamente suas ações e políticas, de modo a gerar benefícios tangíveis. Revista Carta Capital. Disponível em: < http://www.cartacapital.com.br /revista/784/a-favor-da-sociedade-1229.html>. Acesso em: 5 fev. 2014.

WOOD Jr., Thomaz. Produtivismo e alienação. Revista Carta Capital. Disponível em: < http://www.cartacapital.com.br/revista/901/produtivismo-e-alienacao>. Acesso em: 15 jun. 2016.

WRESZINSKY, Walter Felipe. O mito da excelência acadêmica e a curiosidade científica. Jornal da USP, 12-13, outubro de 2012.

YAMAMOTO, Oswaldo H.; TOURINHO, Emmanuel Z.; BASTOS, Antonio Virgílio B.; MENANDRO, Paulo Rogério M. Produção científica e "produtivismo": há alguma luz no final do túnel? RBPG - Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 9, n. 18, p. 727-750, 2012.

ZAGO, Marco Antonio. Perfil da produção científica brasileira. In: Mesa de Discussão Tecnológica. São Paulo: FAPESP. Disponível em: <http://www.fapesp.br/eventos /2011/06/Marco_Antonio.pdf>. Acesso em: 5 fev. 2014.

Downloads

Publicado

2016-08-26

Como Citar

Costa, F., & Martins, G. de A. (2016). Características epistemológicas de publicações científicas em Contabilidade: evidências de um cenário produtivista. Revista Contemporânea De Contabilidade, 13(29), 33-68. https://doi.org/10.5007/2175-8069.2016v13n29p33

Edição

Seção

Artigos