Gerenciamento de resultados por meio da perda estimada de créditos em bancos brasileiros e luso-espanhóis

Carlos Alberto Martins Silva, Jorge Katsumi Niyama, Jomar Miranda Rodrigues, Isabel Maria Estima Costa Lourenço

Resumo


O estudo avaliou a existência de gerenciamento de resultado nas instituições financeiras brasileiras e luso-espanholas utilizando as estimativas de perda sobre operações de crédito. As estimativas sobre as operações de crédito constituem a principal estimativa das instituições financeiras, dadas as características das instituições, o gerenciamento de resultado no sistema bancário é especialmente delicado pelos riscos que as instituições financeiras estão expostas e potenciais impactos da efetivação dos riscos de não realização dos créditos. A literatura internacional evidencia que a administração de bancos faz uso de seu poder discricionário na constituição de estimativas de perda sobre as operações de crédito com o objetivo de gerenciar resultados. Neste sentido, a pesquisa voltou-se para análise das acumulações discricionárias em amostra de instituições financeiras brasileiras e luso-espanholas no período de junho de 2009 a dezembro de 2014. Como resultado, foi possível observar que as instituições financeiras brasileiras e luso-espanholas utilizam as despesas com provisões sobre as operações de créditos para gerenciar resultados.


Palavras-chave


Gerenciamento de resultados; Instituições financeiras; Estimativa de perda de créditos; Operações de crédito

Texto completo:

PDF

Referências


AHMED, A. C.; TAKEDA, A. THOMAS, S. Bank loan loss provisions: a reexamination of capital management, earnings management and signaling effects. Journal of Accounting and Economics. v. 28, n. 1, p. 1-25, nov. 1999. DOI: http://dx.doi.org/10.1016/S0165-4101(99)00017-8

BEATTY, A. L.; CHAMBERLAIN, S. L.; MAGLIOLO, J. Managing financial reports of commercial banks: the influence of taxes, regulatory capital, and earnings. Journal of Accounting Research, v. 33, n. 2, p. 231-261, 1995. DOI: http://dx.doi.org/10.2307/2491487

BANCO DA ESPANHA – BDE. Circular n. 4, de 22 de dezembro de 2004. Normas de informação financeira pública. Disponível em: http://www.bde.es/f/webbde/SJU/normativa/circulares/4.2004.pdf. Acesso em: 1º out. 2015.

BENEISH, M. D. Earnings management: a perspective. Abr. 2001. DOI: http://dx.doi.org/10.2139/ssrn.269625

BEAVER, W. H.; ENGEL, E. E. Discretionary behavior with respect to allowances for loan losses and the behavior of security prices. Journal of Accounting and Economics, v. 22, ns. 1-3, p. 177-206, jan. 1996. DOI: http://dx.doi.org/10.1016/S0165-4101(96)00428-4

BURGSTAHLER, D., DICHEV I. Earnings management to avoid earnings decrease and losses. Journal of Accounting and Economics, v. 24, n. 1, p. 99-126, dez. 1997. DOI: http://dx.doi.org/10.1016/S0165-4101(97)00017-7

CHENG, Q.; WARFIELD, T. D.; YE, M. Equity incentives and earnings management: evidence from a regulated industry. Jan. 2009.. DOI: https://dx.doi.org/10.2139/ssrn.1326558

CONSELHO MONETÁRIO NACIONAL – CMN. Resolução n. 2.682, de 21 de dezembro de 1999. Dispõe sobre critérios de classificação das operações de crédito e regras para constituição de provisão para créditos de liquidação duvidosa. Brasília, 1999. Disponível em:http://www.bcb.gov.br/pre/normativos/busca/downloadNormativo.asp?arquivo=/Lists/Normativos/Attachments/44961/Res_2682_v2_P.pdf. Acesso em: 13 jun.2015.

CONSELHO MONETÁRIO NACIONAL – CMN. Resolução n. 3.786, de 24 de setembro de 2009. Dispõe sobre a elaboração e a divulgação de demonstrações financeiras consolidadas com base no padrão contábil internacional emitido pelo International Accounting Standards Board (IASB). Brasília, 2009. Disponível em:http://www.bcb.gov.br/pre/normativos/busca/downloadNormativo.asp?arquivo=/Lists/Normativos/Attachments/47513/Res_3786_v1_O.pdf. Acesso em: 13 jun. 2015.

COHEN, L. J.; CORNETT, M. M.; MARCUS, A. J.; TEHRANIAN, H. Bank earnings management and tail risk during the financial crisis. Journal of Money, Credit and Banking, v. 46, n. 1, p. 171-197, 2014. DOI: http://dx.doi.org/10.1111/jmcb.12101

DANTAS, J. A.; MEDEIROS, O. R.; LUSTOSA, P. R. B. O papel de variáveis econômicas e atributos da carteira na estimação das provisões discricionárias para perdas em operações de crédito nos bancos brasileiros. BBR – Brazilian Business Review, Vitória, v. 10, n. 4, p. 69-95, out./dez. 2013. Disponível em: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=123029355003. Acesso em: 1º out. 2015.

DECHOW, P. M.; HUTTON, A. P.; KIM, J. H.; SLOAN, R. G. Detecting earnings management: a new approach. Journal of Accounting Research. v. 50, n. 2, p. 275-334, maio 2012. DOI: 10.1111/j.1475-679X.2012.00449.x

_____; SKINNER, D. J. Earnings management: reconciling the views of accounting academics, practitioners and regulators. Accounting Horizons Sarasota. v. 14, n. 2, p. 235-250, jun. 2000. Disponível em: http://faculty.chicagobooth.edu/douglas.skinner/research/papers/3358109.pdf. Acesso em: 1º out. 2015.

FEDERAL FINANCIAL INSTITUTIONS EXAMINATION COUNCIL – FFIEC. Policy statement on allowance for loan and lease losses methodologies and documentation for banks and savings institutions. Federal Register. Jul. 2001. Disponível em: http://www.federalreserve.gov/boarddocs/srletters/2006/SR0617a1.pdf. Acesso em: 1º out. 2015.

FERREIRA, Mariana do, NETO, Octavio Ribeiro de Mendonça, VASCONCELOS, Ana Lúcia Fontes de Souza. Impairment e PCLD: Análise da Convergência entre a IFRS 9 e Resolução 2.682/99 como Argumento para Pleitear, Junto ao Banco Central do Brasil, um Ajuste na Norma Nacional. EMPRAD, 2018. Disponível em:http://sistema.emprad.org.br/anais2018.php Acesso em : 18 mar. 2019.

FREYRE, G. Casa-grande & senzala: formação da família brasileira sob o regime de economia patriarcal. 51. ed. São Paulo: Global, 2006.

GOULART, A. M. C. Gerenciamento de Resultados Contábeis em instituições financeiras no Brasil. 2007. 219 f. Tese (Doutorado em Ciências Contábeis) – Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade. Departamento de Contabilidade e Atuaria. Universidade de São Paulo. São Paulo, 2007. Disponível em:http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-17032008-124153/pt-br.php. Acesso em: 1º out. 2015.

GUJARATI, D. N; PORTER, D. C. Econometria básica. 5.ed. São Paulo: Saraiva, 2011.

HEALY, P. M. The effect of bonus schemes on accounting decisions. Journal of Accounting and Economics, v. 7, p. 85-107, 1985. DOI: http://dx.doi.org/10.1016/0165-4101(85)90029-1

_____; WHALEN, J. M. A review of the earnings management literature and its implications for standard setting. Accounting Horizons, v. 13, n. 4, p. 365-383, dez. 1999. Doi: https://doi.org/10.2308/acch.1999.13.4.365

IMPRENSA NACIONAL. Casa da Moeda. Carta Circular n. 02/2014/DSP do Banco de Portugal. Critérios de referência – Mensuração da imparidade da carteira de crédito e respectivas divulgações. 2014. Disponível em: http://www.bportugal.pt/sibap/application/app1/docs1/circulares/textos/2-2014-DSP.pdf. Acesso em: 1º out. 2015.

KANAGARETNAM, K.; LOBO, G. J; MATHIEU, R. Managerial incentives for income smoothing through bank loan loss provision. 2001. DOI: http://dx.doi.org/10.2139/ssrn.292674

_____; LIM, C. Y.; LOBO, G. J. Auditor reputation and earnings management: international evidence from the banking industry. Journal of Banking and Finance, v. 34, p. 2318-2327, jan. 2010. Disponível em:http://papers.ssrn.com/sol3/papers.cfm?abstract_id=1568866. Acesso em: 13 jun. 2015.

MARCONDES, D. A. Disciplina de mercado e as acumulações contábeis discricionárias. 2008. 150 f. Tese (Doutorado em Ciências Contábeis) – Departamento de Contabilidade e Atuária. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade. Universidade de São Paulo. São Paulo, 2008. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-19012009-111828/pt-br.php. Acesso em: 1º out. 2015.

MARTINEZ, A. L. “Gerenciamento” dos Resultados Contábeis: Estudo Empírico das Companhias Abertas Brasileiras. 2001. Tese (Doutorado em Ciências Contábeis) – Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade. Departamento de Contabilidade e Atuária. Universidade de São Paulo. São Paulo, 2001. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-14052002-110538/pt-br.php. Acesso em: 1º out. 2015.

NIYAMA, J. K.; GOMES, A. L. O. Contabilidade de instituições financeiras. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2012.

PINHO, P. S.; MARTINS, N. C. Determinants of portuguese bank’s provisioning policies: discretionary behaviour of generic and specific allowances. Journal of Money, Investment and Banking, v. 10. 2009. Disponível em: http://www.novasbe.unl.pt/pt/component/zoo/item/determinants-of-portuguese-banks-provisioning-policies-discretionary-behaviour-of-generic-and-specific-allowances. Acesso em: 1º out. 2014.

RODRIGUES, A. Gerenciamento dos resultados contábeis através de receitas e despesas não operacionais: estudo empírico das Companhias “nível 1” – Bovespa. Sociedade, Contabilidade e Gestão, Rio de Janeiro, v. 2, n. 1, 2007. Disponível em: http://www.atena.org.br/revista/ojs-2.2.3-08/index.php/ufrj/article/viewFile/573/562. Acesso em: 1º out. 2014.

SAYED, Samir; et al; Simulação dos Impactos da Alteração da Norma Internacional de Instrumentos Financeiros (IFRS 9) nos Maiores Bancos Brasileiros. Sociedade, Contabilidade e Gestão, Rio de Janeiro, v. 8, n. 1, 2013. Disponível em: https://core.ac.uk/download/pdf/26117391.pdf Acesso em: 17 mar. 2019.

SCHIPPER, K. c. Accounting Horizons, v. 3, n. 4, p. 91-102, dez. 1989. Disponível em: http://connection.ebscohost.com/c/articles/4816073/commentary-earnings-management. Acesso em: 1º out. 2014.

SILVA, K. O.; ROBLES JUNIOR, A. (2018) Provisão para créditos de liquidação duvidosa (PCLD) calculada conforme as normas do BACEN e IFRS: comparação. Cafi, v. 1 n. 1, p. 4-21. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/CAFI/article/download/36949/25173. Acesso em: 17 mar. 2019.

SHRIEVES, R. E.; DAHL, D. Discretionary accounting and the behavior of japanese banks under financial duress. Journal of Banking and Finance, v. 27, n. 7, p. 1219-1243, jul. 2003. DOI: http://dx.doi.org/10.1016/S0378-4266(02)00252-2

SPOHR, Jonas. Essays on earnings management. Ekonomi Och Samhälle, n.153, 2005.

WONG, H. S. Equity incentives and earnings management: evidence from the banking industry. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) – Erasmus University in Rotterdam, 2011. Disponível em: https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&ved=0ahUKEwiChua4sJvLAhWFgJAKHSoxAzAQFggcMAA&url=http%3A%2F%2Fthesis.eur.nl%2Fpub%2F9042%2FM865-Wong_196647.docx&usg=AFQjCNEhJ5ry0of5yxjNTRlhj5AFPwKIJg&sig2=VzGiDgm92botxt505MrgeA&bvm=bv.115339255,d.Y2I&cad=rja. Acesso em: 1º out. 2014.

ZENDERSKY, H. C. Gerenciamento de resultados em instituições financeiras no Brasil – 2000 a 2004. 2005. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) – Programa Multiinstitucional e Inter-Regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis. Universidade de Brasília/Universidade Federal da Paraíba/Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Brasília, 2005. Disponível em: http://cca.unb.br/images/dissert_mest/mest_dissert_076.pdf. Acesso em: 1º out. 2014




DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8069.2018v15n37p139



Locations of visitors to this page      

Revista Contemporânea de Contabilidade, Florianópolis, Brasil. ISSN (impresso)1807-1821 - ISSN (eletrônico) 2175-8069