Razão, racionalidade, decisão racional: o que a concepção da filosofia da ação acerca do conceito de racionalidade tem a dizer para a economia (e vice-versa)?

Brena Paula Magno Fernandez

Resumo


Neste artigo, à luz da filosofia da ação, analisa-se o papel da racionalidade na economia tradicional. Nosso intuito foi problematizar o papel normativo exercido pela racionalidade na filosofia da ação contrapondo-o ao papel positivo por ela exercido na economia (seja em sua versão mainstream, seja em sua versão comportamental). Na conclusão, sob três pontos de vista distintos, nomeadamente o normativo, o positivo e o normativo-positivo, procura-se examinar a questão se os supostos “irracionalismos” do comportamento econômico observados nos testes empíricos da economia comportamental de fato colocam em xeque os padrões de racionalidade estabelecidos pelas chamadas teorias canônicas da racionalidade.


Palavras-chave


Economia; Filosofia da ação; Economia comportamental; Razão; Racionalidade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8085.2017v20n2p31

Creative Commons License
Revista Textos de Economia. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil - - - eISSN: 2175-8085 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional
> > > > >