Investimentos em educação e suas implicações no mercado de trabalho rural do Paraná, 1970 e 1980

Antônio Carlos de Campos

Resumo


O objetivo principal deste estudo é verificar se o nível de educação formal determina o nível de salário dos trabalhadores do setor agrícola do Estado do Paraná. Para tanto, foram estimadas curvas de oferta e de demanda por trabalho no meio rural nos anos de 1970 e 1980. Os resultados encontrados mostraram que a escolaridade apresentou importância relevante na determinação dos salários dos trabalhadores rurais para as equações de oferta. Para as equações de demanda, os resultados não foram significativos indicando que, pelo fato da baixa escolaridade, o empregador mostrou-se indiferente na contratação de trabalhadores com maior ou menor grau de escolaridade para execução de tarefas no setor agrícola. Isto indica que a educação apresentou-se mais importante para a mobilidade dos trabalhadores em busca de outros mercados de trabalho do que para o desempenho de tarefas no setor agrícola, ou seja, superioridade do efeito mobilidade sobre o efeito trabalhador.

Palavras-chave


Capital humano; Mercado de trabalho; Escolaridade.

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
Revista Textos de Economia. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil - - - eISSN: 2175-8085 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional
> > > > >